Participamos do

Com festa no Castelão, Fortaleza rebaixa o Bahia e termina a Série A no G4

Com o resultado, Tricolor do Pici finaliza a Série A de 2021 na quarta colocação; Esquadrão é um dos times rebaixados
23:35 | Dez. 09, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Diante de 51.125 torcedores, e gols de Wellington Paulista e Yago Pikachu, o Fortaleza venceu o Bahia por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, 9, na última rodada do Brasileirão. O Tricolor do Pici finaliza a competição na quarta colocação na tabela, fazendo uma campanha histórica e conseguindo vaga na fase de grupo da Libertadores. Rodriguinho marcou para do Esquadrão de Aço, mas o tento não foi suficiente para evitar o rebaixamento do clube baiano para a Série B.    

O JOGO — Fortaleza e Bahia tinham lutas distintas — por posição no G-4 e contra o rebaixamento, respectivamente —, por isso, os dois times entraram em campo buscando o jogo e as oportunidades de gol. Nos minutos iniciais, o Esquadrão teve a bola, mas pouco ameaçou o gol de Boeck. 

Do outro lado do campo, nos minutos seguintes, o Leão teve o predomínio ofensivo, mas pecava nas finalizações. No contra-ataque, aos 18 minutos, o Bahia teve a primeira grande chance de abrir o placar. Rodriguinho levantou a bola na área, Boeck saiu errado do gol, mas Tinga conseguiu afastar o perigo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No minuto seguinte, entretanto, o jogador marcou de pênalti. Em saída errada do gol, o goleiro do Pici acabou acertando o rosto de Gilberto, o que ocasionou na penalidade máxima. A cobrança aconteceu aos 24 minutos. Rodriguinho mandou a bola para o lado direito do goleiro Marcelo Boeck, que acabou pulando para o lado inverso. 

No primeiro tempo, o Fortaleza teve o maior número de finalizações, mas teve dificuldade em acertar o gol. Somente dois dos sete chutes dados foram em direção a meta de Danilo Fernandes. O tento do Tricolor do Pici veio de pênalti também. Aos 49 minutos, após falta de Matheus Bahia em Yago Pikachu, Wellington Paulista foi para a cobrança. Aos 51 minutos, o camisa 9 deixou tudo igual no placar para o Tricolor do Pici. 

Na segunda etapa, logo aos quatro minutos, Éderson teve grande oportunidade de colocar o Fortaleza na frente no placar com um cabeceio, mas não logrou êxito. A partida seguiu truncada. De um lado, o Esquadrão tinha a posse de bola, mas apresentava problemas de criação. Do outro, o Leão finalizava mesmo, mas conseguia ser mais assertivo.

Aos 33 minutos, o gol da virada do Tricolor do Pici veio. Após a bola bater no braço de Conti, o árbitro marcou pênalti e ficou sob a responsabilidade de Yago Pikachu cobrar e marcar. Após o tento anotado, o time conseguiu fôlego o suficiente para sustentar a vitória. O Bahia teve grande chance de deixar tudo igual com Gilberto, aos 42 minutos, mas Boeck fez grande defesa. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags