PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Copa do Nordeste: Ceará e Fortaleza empatam sem gols no primeiro Clássico-Rei de 2021

O Vovô teve melhores chances no ataque e esteve mais perto de balançar as redes, mas o goleiro Felipe Alves garantiu o empate sem gols

Gabriel Lopes
17:56 | 20/03/2021
Ceará e Fortaleza disputam Clássico-Rei válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste.  (Foto: Fábio Lima/O POVO)
Ceará e Fortaleza disputam Clássico-Rei válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste. (Foto: Fábio Lima/O POVO)

Na tarde deste sábado, 20, aconteceu, na Arena Castelão, o primeiro Clássico-Rei de 2021. Ceará e Fortaleza se enfrentaram pela quarta rodada da Copa do Nordeste, com ambos liderando seus grupos até o momento do início do embate. O jogo acabou empatado por 0 a 0, apesar do Alvinegro de Porangabuçu ter pressionado e criado as melhores oportunidades de balançar as redes, que foram impedidas pelo goleiro tricolor Felipe Alves.

A igualdade manteve a invencibilidade dos dois times no Nordestão. O Vovô chegou a seis pontos, após um triunfo e três empates. Já o Leão acumula oito pontos, conquistados após duas vitórias e duas igualdades.

O compromisso do Alvinegro na próxima rodada do certame será na próxima quinta-feira, 25, às 21 horas, contra o Botafogo-PB em João Pessoa, capital da Paraíba. Enquanto isso, o Tricolor do Pici recebe o Santa Cruz-PE na terça-feira seguinte, 23, às 21h30min, na Arena Castelão. Esses jogos são válidos pela quinta rodada da Copa do Nordeste, que dá início à metade final da primeira fase dessa competição.

O início do Clássico-Rei foi de muita intensidade. O Fortaleza começou pressionando e encurralando o Ceará no campo de defesa, enquanto o Vovô agrediu o Leão por meio de contra-ataques. Assim, antes dos cinco minutos de jogo, cada equipe criou uma grande oportunidade. O Alvinegro quase marcou com Mendoza, enquanto o Tricolor chegou perto de abrir o placar com Ederson. Contudo, com o decorrer do embate, a partida tornou-se mais física, com faltas duras das duas equipes. Dessa forma, menos chances de gol foram criadas e o ritmo foi reduzido.

Logo no retorno do segundo tempo, o Ceará voltou mais assertivo e quase abriu o placar. Aos três minutos, Vina cobrou escanteio na cabeça de Klaus, que mandou para o gol, mas Robson afastou em cima da linha. Já aos 11, Bruno Pacheco finalizou de fora da área e Felipe Alves espalmou para o meio da área. Robson, do Leão, rebateu errado e a bola tocou na trave. No rebote, Klaus finalizou, mas o goleiro tricolor fez nova defesa. O Vovô seguiu pressionando e criou outra boa oportunidade, aos 13, com chute de fora da área de Fernando Sobral, também impedido por Felipe Alves.

Depois da "blitz" do Ceará no início da segunda metade do jogo, a partida teve menos chances claras de gol. Porém, mesmo assim, o Alvinegro dominou as ações do embate, rondou a área tricolor e levou perigo nas tentativas de balançar as redes, apesar da falta de capricho no momento de finalização das jogadas.

Repercussão:

+ Com quatro defesas difíceis, Felipe Alves foi o destaque do Fortaleza no Clássico-Rei

+ Destaque no Clássico-Rei, Felipe Alves perdeu o pai na manhã do jogo

+ Decisivo em Clássicos-Rei, Klaus teve duas chances claras no empate deste sábado

+ Após empate no Clássico-Rei, Ceará e Fortaleza voltam a jogar pelo Nordestão

+ Clássico-Rei: confira as estatísticas do empate sem gols pela Copa do Nordeste

+ Estreante no Clássico-Rei, Steven Mendoza fala em felicidade em voltar ao Brasil