PUBLICIDADE
Cearenses
Noticia

Com pré-temporada curta, Ferroviário prevê "desafio muito grande" na Taça Fares Lopes

Em meio a mudanças na comissão técnica e no elenco, Tubarão da Barra terá 18 dias de trabalho até a estreia no torneio, contra o Caucaia

17:45 | 30/12/2020
Presidente Newton Pereira Filho, do Ferroviário, durante Conselho Técnico do Campeonato Cearense Série A 2021 (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário)
Presidente Newton Pereira Filho, do Ferroviário, durante Conselho Técnico do Campeonato Cearense Série A 2021 (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário)

Pouco mais de 20 dias depois de encerrar a participação na Série C do Campeonato Brasileiro, o Ferroviário deu início à preparação para a temporada 2021 no último sábado, 26, no estádio Elzir Cabral. Agora sob comando do técnico Francisco Diá, o time coral trabalha visando a Taça Fares Lopes, que começará em 13 de janeiro.

Com apenas seis equipes participantes - Campo Grande, Caucaia, Floresta, Icasa e Pacajus, além do Tubarão da Barra -, o torneio que dá vaga na Copa do Brasil ao campeão terá fórmula mais enxuta: jogos em turno único na primeira fase, semifinais em dois jogos e final em partida única. O curto tempo para treinos aumenta a dificuldade para a disputa, de acordo com o presidente Newton Pereira Filho.

"Estamos na fase inicial da preparação para a temporada de 2021, já com um desafio muito grande pela frente, que é a Fares Lopes. Uma competição importante, que vale uma vaga importante no calendário, a Copa do Brasil, principalmente do ponto de vista financeiro. Um desafio muito grande, porque já temos o campeonato iniciando no dia 13 de janeiro, então não temos o tempo necessário e ideal para uma pré-temporada, de pelo menos 30 dias, mas é o primeiro desafio que se coloca à prova o Ferroviário e vamos enfrentá-lo", afirmou o dirigente coral.

+ Retorno ao Estado, elenco e metas: Francisco Diá projeta trabalho no Ferroviário

O time da Barra do Ceará acertou a permanência de 14 jogadores do elenco de 2020 e já anunciou cinco contratações: o zagueiro Richardson, o lateral-direito Everton, o volante Sousa Tibiri e o atacante Jeferson Caxito, além do goleiro Jonathan, ex-Manaus-AM.

"Iniciamos a preparação, temos alguns jogadores chegando, mantivemos uma certa base da equipe e outros chegarão no decorrer da semana. É como trocar o pneu com o carro andando. Temos esse desafio, vamos enfrentar e tenho certeza que o Ferroviário vai brigar por essa vaga até o último minuto", disse o mandatário.

Em 2021, o Ferroviário ainda disputará o Campeonato Cearense e a Série C. Newton admite que o objetivo do clube é conseguir fazer uma campanha com menos oscilações na próxima temporada para tentar o acesso à Segunda Divisão da competição nacional.

"No decorrer do ano, temos mais competições importantes: o Estadual e o Campeonato Brasileiro da Série C. Esperamos fazer agora um Campeonato Brasileiro com regularidade, já dois anos que o Ferroviário tem um bom início, mas cai de produção. A gente espera fazer um campeonato mais regular, conseguindo a classificação para conseguir o objetivo maior do ano, que é o acesso à Série B", projetou.

Campeão da Taça Fares Lopes em 2018, o Tubarão estreia no torneio diante do Caucaia, no dia 13 de janeiro, às 15h30min, no estádio Raimundo de Oliveira. O encerramento da primeira fase será no dia 27 do mesmo mês, contra o Icasa, no Elzir Cabral.