Participamos do

Vina pede desculpas por atuação do Ceará contra o Palmeiras: "deixamos a desejar"

O artilheiro do Ceará no Brasileirão também enalteceu a classificação para a Copa Sul-Americana e falou que agora é o momento de descansar de uma temporada desgastante
09:22 | Dez. 10, 2021
Autor Lennon Costa
Foto do autor
Lennon Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após derrota para o Palmeiras por 1 a 0 pela última partida do Brasileirão 2021 que acabou deixando o Ceará fora da Libertadores 2021, Vina concedeu entrevista pós-jogo e pediu desculpas ao torcedor pela atuação do time, mas enalteceu a classificação à Sul-Americana.

"Precisamos pedir desculpa pro nosso torcedor pelo jogo de hoje, principalmente pelo primeiro tempo. A gente buscava algo maior na competição, mas é uma competição em que lá atrás, muitos achavam que a gente ia brigar pra não cair, e mais uma vez, buscamos uma classificação para a Sul-Americana".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O artilheiro do Ceará na temporada também destacou a maratona de jogos, com duas temporadas em sequência, e como as lesões atrapalharam os objetivos da equipe.

"Agora é descansar, porque foi uma maratona, praticamente, de dois anos consecutivos. Eu mesmo tive duas lesões nessa participação. O Pacheco, o Luiz Otávio também tiveram, que são jogadores que atuaram em bastante jogos, com bastante minutagem. Mas agora é descansar e buscar formar um grupo pro ano que vem para a gente buscar coisas grandes".

O camisa 29 ainda parabenizou os jogadores do Palmeiras e disse que agora é o momento de recarregar as energias.

"Parabenizar também a molecada do Palmeiras, tão fresquinhos, são jovens, sem pressão nenhuma, e conseguiram em três jogos resultados importantes. Mas agora é pensar em nós, descansar, recarregar as energias com a família, principalmente, para o ano que vem fazer uma temporada vencedora mais uma vez".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags