Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Fernando Sobral, do Ceará, é o jogador com mais desarmes do Brasileirão

O volante do Vovô também é o atleta com mais bolas recuperadas, com média de oito por partida
17:42 | Ago. 09, 2021
Autor - Mateus Moura
Foto do autor
- Mateus Moura Autor
Tipo Noticia

Titular absoluto da equipe comandada por Guto Ferreira desde que assumiu o Ceará, em 2020, Fernando Sobral vem se consolidando como um dos mais regulares do elenco. O volante de 26 anos é o líder de desarmes e em bolas recuperadas da Série A do Campeonato Brasileiro. Em 14 jogos pelo Vovô no Brasileirão, o jogador já realizou 48 desarmes, com média de 3,4 por jogo, além de 116 bolas recuperadas e 17 interceptações.

No empate em 0 a 0 diante do Atlético-GO, no último domingo, 8, o atleta foi um dos principais destaques individuais do Alvinegro. Segundo o SofaScore, site especializado em estatísticas, Fernando Sobral acertou 83% dos passes que tentou (42/51), teve 71% de acerto nas bolas longas (5/7), ganhou 10 dos 16 duelos pela posse da bola e ainda fez sete desarmes corretos e duas interceptações.

 

Em 2020, o meio-campista também esteve entre os principais volantes da Série A. Foi o líder de desarmes entre todos os jogadores da competição até a 34º rodada, com 98 bolas roubadas. Posteriormente, foi ultrapassado pelo lateral-direito Aderlan, do RB Bragantino, terminando o campeonato como o segundo maior ladrão de bolas.

No início deste ano, o Ceará não perdeu tempo e renovou o contrato com o camisa 8, estendendo seu vínculo com o clube até o fim da temporada de 2023. Atualmente no elenco, Guto conta com outros seis jogadores para a posição de volante: Fabinho, Oliveira, Geovane, Marlon, Pedro Naressi e William Oliveira.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará se reapresenta nesta terça visando confronto contra o Corinthians; veja os desfalques do Vovô

17:54 | Ago. 09, 2021
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após aumentar a sequência invicta para 11 jogos com o empate em 0 a 0 diante do Atlético-GO, o Ceará tem reapresentação do elenco marcada para esta terça-feira, 10, no Porangabuçu. O Alvinegro encara o Corinthians no próximo domingo, 15, às 16 horas, em São Paulo.

O técnico Guto Ferreira não poderá contar com o meia Vina, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Atlético-GO, em duelo disputado no Castelão, no último domingo, 7. Por outro lado, o treinador ganha três retornos para o embate contra o Corinthians.

O zagueiro Gabriel Lacerda volta a ficar à disposição após cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. O centroavante Jael retorna depois de o STJD aceitar o pedido do clube alvinegro de conversão da pena de atleta em doação de R$ 30 mil.

Já o lateral-direito Gabriel Dias concluiu o período de transição e tem condições físicas para voltar a ser relacionado por Gordiola. Ele treinará com o restante do elenco a partir desta terça-feira, 10.

De acordo com o clube cearense, dois períodos de treinamentos dos cinco previstos na semana serão realizados na Cidade Vozão, em Itaitinga. Por lá, o elenco treinará quarta-feira e quinta-feira.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem a terceira defesa menos vazada da Série A

Defesa Alvinegra
14:15 | Ago. 09, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em mais uma partida sem tomar gols, após o empate em 0 a 0 contra o Atlético-GO na Arena Castelão, pela 15ª do Campeonato Brasileiro, o Ceará chegou à marca da terceira defesa menos vazada da competição, empatado o Fluminense, com 13 gols sofridos. O Alvinegro só fica atrás de Sport e Atlético-MG, ambos levaram 11 tentos nesta edição da Série A.

No jogo sem gols contra o Dragão, no último domingo, 8, o Vovô chegou ao sétimo confronto no Brasileirão sem sofrer tentos. O Alvinegro divide a liderança no quesito com Galo, Sport, o rival Fortaleza e o próprio Atlético-GO. Nenhum outro clube da primeira divisão tem mais partidas com a chamada “baliza zero” que os quatro.

Na série invicta do Ceará, os números defensivos do clube melhoraram drasticamente. Na última derrota, contra o Bahia, por 2 a 1, o Alvinegro havia sofrido sete tentos em quatro partidas. No recorte de invencibilidade, foram apenas seis vezes que a zaga acabou batida em 11 confrontos.

Apesar de não ter vencido fora de casa na Série A 2021, das sete partidas em que atuou como visitante, quatro o time de Porangabuçu não cedeu gols. O Ceará é o terceiro clube com menos tentos sofridos longe de casa, empatado com Atlético-MG e Cuiabá, ambos foram batidos em seis oportunidades, e superados apenas por Palmeiras (5) e Corinthians (4).

O grande problema do Vovô fora de casa tem sido o seu ataque. Com 17 gols marcados, o oitavo setor ofensivo mais positivo do Brasileirão, apenas quatro deles foram feitos longe da Arena Castelão (23,5%). O time de Porangabuçu passou em branco em quatro oportunidades das sete partidas disputadas como visitante.

Com uma defesa sólida, principalmente longe de casa, o Ceará se prepara para o próximo embate da equipe na primeira divisão. O Vovô viaja para enfrentar o Corinthians neste domingo, 15, às 16 horas, na Neo Química Arena, pela 16ª rodada. O Alvinegro ocupa a sétima posição, com 23 pontos, a mesma pontuação do Athletico-PR, sexto colocado e última equipe do G-6, ficando atrás pelo número de vitórias (cinco contra sete).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Guto Ferreira considera justo empate do Ceará diante do Atlético-GO

SÉRIE A 2021
21:52 | Ago. 08, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará empatou sem gols com o Atlético-GO pela 15ª rodada do Brasileirão. Embora o Alvinegro de Porangabuçu tenha finalizado mais que o Dragão na partida, o técnico Guto Ferreira avaliou o resultado como justo em coletiva cedida após o embate. 

"Se for ver pelo que os dois criaram, eu sou obrigado a concordar (com o resultado). Ninguém teve uma chance para dizer "poxa, se a gente faz, a gente poderia". A gente esteve mais perto que eles, mas não fizemos. O jogo foi muito parelho, muito igual. A gente gostaria de ter vencido, mas faltou a gente fazer o gol. Eles tiveram também próximos, mas não com uma chance clara. Tanto é que, acho, que o Richard não fez uma grande defesa, fez uma grande defesa. Mostra como o jogo foi equilibrado", avaliou o treinador.

Quanto ao número de finalizações do Vovô, Guto pontuou que o time chutou mais que o adversário, mas analisou que os números de chute em direção ao gol precisam melhorar. "A gente teve um volume maior de finalizações, de condição de ataque à última linha ofensiva do campo, mas finalizações, no gol, onde vale, nós só tivemos quatro para 19. É um número pequeno. Precisamos melhorar, precisamos romper essa força defensiva dos adversários que temos enfrentado e precisamos conseguir ter mais felicidade em fazer os gols", disse.

Em relação ao retorno de Luiz Otávio na zaga alvinegra, o técnico ressaltou a importância do tempo de recuperação para que o zagueiro voltasse com um bom ritmo. "O grande trunfo do bom retorno do Luiz Otávio foi o momento que o Lacerda vive. O Lacerda vinha bem e a gente conseguiu segurar o Luiz mais três jogos, pelo menos, no banco, treinando forte, e o Luiz é um cara muito dedicado, um cara que se entregou muito. Agora, quando teve que jogar, o ritmo dele já era muito próximo do ritmo de jogo. Aguentou fazer os 90 minutos, tranquilo, experiente, e a qualidade dele todo mundo conhece", falou. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Luiz Otávio aponta lado positivo do empate contra o Atlético-GO e vê Ceará no caminho certo

Copo Meio Cheio
21:45 | Ago. 08, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Capitão do Ceará na partida contra o Atlético-GO, o zagueiro Luiz Otávio destacou o lado positivo do empate sem gols em casa, em entrevista ao fim da partida. Para o camisa 13, o mais importante é que o clube seguiu pontuando na Série A.

"Foi um jogo duro, difícil e a gente somou mais um ponto. Já passou, não volta mais, esse é o ponto que vamos levar e é mais um jogo sem levar gols, mais um jogo invicto. É continuar mantendo essa pegada, a gente está no caminho certo para galgar coisas maiores e ainda melhores", acredita.

+Ceará se iguala a Sport como time nordestino de maior sequência invicta na Série A em uma mesma edição

De volta ao campo de jogo após dois meses e meio, entre departamento médico, transição e banco de reservas, o zagueiro foi bem na partida e mostrou que não perdeu o ritmo de jogo, tampouco a forma física.

“Trabalho diariamente e se eu busco a vitória, tenho que me doar primeiro durante a semana, durante a minha preparação, para eu dar meu melhor dentro de campo. Eu sempre falo no vestiário que a gente não pode fazer aquilo que é possível, tem que vir para dentro de campo e buscar dar o melhor", disse.

Luiz Otávio retomou a titularidade em substituição ao zagueiro Gabriel Lacerda, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No domingo, contra o Corinthians, o jovem defensor estará novamente à disposição e Guto Ferreira terá que escolher entre os dois.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará se iguala a Sport como time nordestino de maior sequência invicta na Série A em uma mesma edição

Invencibilidade
20:52 | Ago. 08, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Ao empatar sem gols com o Atlético-GO em casa, na noite deste domingo, 8, o Ceará chegou a onze jogos seguidos sem derrota no Campeonato Brasileiro. Com isso, o Vovô se igualou ao Sport-PE de 2015 e agora os dois possuem a maior série invicta de um nordestino em uma mesma edição de Série A na era dos pontos corridos.

A sequência do Alvinegro começou na 5ª rodada, com o empate em 1 a 1 diante do Internacional-RS, no Beira-Rio. De lá para cá são quatro vitórias e sete empates. São 19 pontos consecutivos conquistados, que fazem o Vovô estar colado no G-6, em 7º lugar, com a mesma pontuação do 6º colocado, o Athletico-PR, ambos com 23 pontos.

Na Série A de 2015, o Sport ficou invicto nas onze primeiras rodadas, mas com seis vitórias e cinco empates. Se considerar as sete últimas partidas que o Leão da Ilha ficou sem perder na edição de 2014, o rubro-negro ficou 18 jogos seguidos sem perder na elite, sendo recordista dentre os times do Nordeste.

O próximo jogo do Ceará será domingo, 15, contra o Corinthians, na Neo Química Arena. Se pontuar, o Vovô se tornará o time do nordeste com maior sequência invicta em uma mesma edição da Série A. E a depender dos demais resultados, poderá ingressar na zona de classificação para a Libertadores de 2022.

Sequência de jogos do Ceará sem derrota:

Internacional 1x1 Ceará
Ceará 2x1 Atlético-MG
Ceará 1x1 São Paulo
RB Bragantino 0x0 Ceará
Ceará 2x0 Juventude
Fluminense 0x0 Ceará
Cuiabá 2x2 Ceará
Ceará 1x0 Athletico-PR
Sport 0x0 Ceará
Ceará 3x1 Fortaleza
Ceará 0x0 Atlético-GO

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags