Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Luiz Otávio aponta lado positivo do empate contra o Atlético-GO e vê Ceará no caminho certo

Defensor acha importante seguir pontuando e destacou que o clube manteve sequência invicta e passou mais um jogo sem sofrer gols na Série A
21:45 | Ago. 08, 2021
Autor - Brenno Rebouças
Foto do autor
- Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Capitão do Ceará na partida contra o Atlético-GO, o zagueiro Luiz Otávio destacou o lado positivo do empate sem gols em casa, em entrevista ao fim da partida. Para o camisa 13, o mais importante é que o clube seguiu pontuando na Série A.

"Foi um jogo duro, difícil e a gente somou mais um ponto. Já passou, não volta mais, esse é o ponto que vamos levar e é mais um jogo sem levar gols, mais um jogo invicto. É continuar mantendo essa pegada, a gente está no caminho certo para galgar coisas maiores e ainda melhores", acredita.

+Ceará se iguala a Sport como time nordestino de maior sequência invicta na Série A em uma mesma edição

De volta ao campo de jogo após dois meses e meio, entre departamento médico, transição e banco de reservas, o zagueiro foi bem na partida e mostrou que não perdeu o ritmo de jogo, tampouco a forma física.

“Trabalho diariamente e se eu busco a vitória, tenho que me doar primeiro durante a semana, durante a minha preparação, para eu dar meu melhor dentro de campo. Eu sempre falo no vestiário que a gente não pode fazer aquilo que é possível, tem que vir para dentro de campo e buscar dar o melhor", disse.

Luiz Otávio retomou a titularidade em substituição ao zagueiro Gabriel Lacerda, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No domingo, contra o Corinthians, o jovem defensor estará novamente à disposição e Guto Ferreira terá que escolher entre os dois.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará empata sem gols com Atlético-GO no Castelão e amplia sequência invicta na Série A

SÉRIE A 2021
20:10 | Ago. 08, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, Ceará e Atlético-GO empataram em 0 a 0 neste domingo, 8, em partida realizada no Castelão. A partida contou com a estreia do atacante Erick e retorno do zagueiro Luiz Otávio para o Alvinegro.

Com o resultado, o Alvinegro de Porangabuçu perde a oportunidade de adentrar na zona de classificação para a Libertadores e permanece na 7ª colocação da tabela com 23 pontos. Já o Dragão fica na 9ª posição, com 20 pontos. 

O Ceará enfrenta o Corinthians na próxima rodada do Brasileirão. A partida ocorre no próximo domingo, 15, às 16 horas, na Neo Química Arena.  

O JOGO - Nos minutos iniciais, o Ceará já sinalizou que trabalharia pelas laterais quando atacasse o Atlético-GO, trabalhando a bola principalmente com Lima e Bruno Pacheco. Foi o time goianiense que trabalhou mais a bola na primeira etapa de jogo, entretanto. 

Aos três minutos de partida, a equipe comandada por Eduardo Barroca já havia atacado e obrigado o Richard a fazer boas defesas duas vezes, mas o jogo não se desenhou fácil para a equipe visitante por conta disso. Quando chegou ao ataque aos 16 minutos com Cléber, após o centroavante recebe um passe de Vina, o Vovô obrigou o goleiro Fernando Miguel a fazer uma grande defesa. 

Embora tivesse mais a bola, o Dragão tinha dificuldade de entrar na área. Percebendo isso, os  atacantes do time visitante passaram a finalizar mais de fora da grande área. Aos 23 minutos, Arnaldo puxou a jogada para o meio do campo e, da entrada da grande área, finalizou forte o suficiente para que Richard fizesse uma grande defesa.

As melhores chances de gol para o Alvinegro de Porangabuçu saíram dos pés de Lima no final da primeira etapa e início da segunda. O chute do jogador no primeiro tempo passou perto da trave e, no segundo, morreu nas mãos do goleiro Miguel. 

O Vovô voltou para a partida se movimentando mais em campo. Do outro lado do campo, o Atlético-GO seguia com dificuldades em se infiltrar na área do Vovô. Para mudar um pouco a falta de efetividade no ataque, o técnico Barroca colocou Lucão em campo no lugar do camisa 9, Zé Roberto. O atacante chegou a assustar o gol de Richard logo que entrou, aos 16 minutos, mas a bola foi para fora. 

As equipes seguiram tentando abrir o placar, mas até o apito final, não encontraram o caminho até o gol, embora ambos os técnicos tenham feito alterações em seus respectivos times. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará marca mais da metade dos gols na Série A nos finais dos tempos dos jogos

Nos minutos finais
11:46 | Ago. 04, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará tem mostrado resiliência, mantendo a concentração durante toda a partida e se aproveitado das oportunidades cedidas pelos adversários próximo ao intervalo ou do termino do confronto. O Vovô marcou 17 gols nesta edição do Campeonato Brasileiro, nove deles foram realizados nos 10 minutos finais dos primeiro ou segundo tempos – dos 35 aos acréscimos –, sendo 52,9% de todos os tentos que anotou na competição.

Rick é o artilheiro do Vovô na Série A e o atleta que mais marcou nos finais das primeira e segunda etapas. Com dois gols, um contra o Grêmio, aos 42 minutos do primeiro tempo, na primeira partida do Brasileirão, e o segundo no último domingo, 1º, no Clássico-Rei, aos 41 do segundo período, o ponta lidera o quesito. Cléber, Jorginho, Vina, Lima, Wendson, Lacerda e Kelvyn balançaram as redes em uma oportunidade neste recorte de tempo.

|Leia mais| 

Outro ponto que chama a atenção é o número de gols feitos nos acréscimos. O Alvinegro balançou a rede cinco vezes já após o tempo regulamentar, 29,4% dos tentos anotados pela equipe no Brasileirão, quase um terço dos gols do time de Porangabuçu na primeira divisão.

Os gols nos tempos acrescentados pelos árbitros no final das etapas têm garantido pontos para o Vovô. Próximo do intervalo, Lima empatou a partida contra o Internacional, aos 46 minutos, e garantiu o placar igualado. Jorginho (49’), Lacerda (51’) e Wendson (53’) somaram nove pontos para o Ceará contra Grêmio, Atlético-MG e Athletico-PR, respectivamente. Foram 10 pontos dos 22 conquistados pelos cearenses.

A exceção foi o gol de Vina no duelo contra o Santos, na Vila Belmiro, pela segunda rodada da Série A. O meia marcou de pênalti, aos 52 minutos do primeiro tempo, deixando o tudo igual na saída para o intervalo. Ao fim da etapa seguinte, o Alvinegro acabou derrotado por 3 a 1.

O Ceará também já provou do próprio veneno e cedeu pontos após o período regulamentar. Contra Cuiabá, com um homem a menos, aos 48 minutos, Jenilson marcou o gol de empate do Dourado, na Arena Pantanal. Na ocasião, Guto Ferreira lamentou o resultado do confronto. “A gente não sai feliz com esse 2 a 2 aqui. Estamos levando um ponto, mas não saímos felizes, não. A gente queria a vitória, construiu a vitória e, infelizmente, escapou", relatou o treinador.

Confira a lista de jogos que o Ceará marcou gols após 35 minutos das etapas:

Ceará 3 a 2 Grêmio - Cleber 36’; Rick 42’; Jorginho 90’+4’ 
Santos 3 a 1 Ceará – Vina 45’ + 7’
Internacional 1 a 1 Ceará – Lima 45’+1’
Ceará 2 a 1 Atlético-MG – Lacerda 90’+6’
Ceará 1 a 0 Athletico-PR – Wendson 90’+8’
Ceará 3 a 1 Fortaleza – Kelvyn 37’; Rick 86’

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará encaminha acerto com Airton, atacante do Cruzeiro

Reforço Alvinegro
10:12 | Jul. 21, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

De olho nas oportunidades de marcado, o Ceará continua procurando peças para fortalecer o setor ofensivo. De acordo com Superesportes e confirmado por Gerson Barbosa da Rádio O POVO CBN, o Vovô tem encaminhada o empréstimo do atacante Airton, do Cruzeiro, até o fim do ano com opção de compra. A Raposa é dona de 75% dos direitos do atleta de 22 anos e tem contrato válido até dezembro de 2023.

Caso confirme a contratação, o Ceará terá vencido a concorrência de clubes do Brasil e do futebol japonês. Com a necessidade de venda o Cruzeiro não deve dificultar nenhuma procura de seus atletas, tendo alguns já negociados.

Airton é um jogador de velocidade e habilidade que atua pelos lados do campo. Esteve presente em nove partidas pela Série B das 13 disputadas pelo Cruzeiro, marcado um gol. Ainda segundo o Superesportes, o atacante não teria entrado em campo contra o Remo por estar em meio as negociações com o Ceará.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará cria oportunidades, mas erra 61% dos arremates que tenta na Série A

Fora do Alvo
13:50 | Jul. 12, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No empate entre Cuiabá e Ceará em 2 a 2, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro criou muitas oportunidades, mas deixou a vitória escapar nos minutos finais. Foram 19 finalizações do Vovô, nove delas dentro da área do Dourado, marcando dois tentos. Segundo o Footstats (site estatístico de futebol), em toda a Série A, a equipe de Porangabuçu tem perdido as chances e errou o alvo em 61,83% dos arremates que tentou na competição.

Dentre todos os clubes da primeira divisão, o Vovô acerta mais o alvo, percentualmente, do que Sport (69,07%), Grêmio (67,77%), Cuiabá (67,06%), Bragantino (65,41%), Juventude (62,89%), América-MG (62,88%), Atlético-MG (62,26%) e Chapecoense (62.26%). Deste clubes, com 131 finalizações, o Ceará só não arrematou mais que Coelho (132) e o Massa Bruta (159).

|Leia mais|

Outro dado importante foram os empates do Alvinegro na Série A. Com exceção dos jogos contra o Bragabull e Fluminense, nos outros duelos enfrentando Chapecoense, Internacional, São Paulo e Cuiabá, o clube da capital cearense criou mais chances que o oponente. Nestes seis confrontos, foram quatro gols marcados.

Indo para os atletas alvinegros, Mendoza é o jogador que mais errou o gol. Foram 13 arremates sem direção em 18 oportunidades. Apesar da marca, o colombiano não é o jogador de frente que retém a pior pontaria em porcentagem. Vina, meia do Vovô, acertou o alvo somente uma vez no Brasileirão, em 12 tentativas, somando 91,67% de imprecisão. De todo elenco, o camisa 29 só supera Bruno Pacheco e João Victor, ambos com um chute e um erro, e Buiú, com duas tentativas e todas para fora.

Com a semana livre para trabalhar, Guto Ferreira precisará ajustar a pontaria da equipe para o próximo confronto do Alvinegro. O Ceará enfrenta o Athletico-PR, no sábado, 17, no Castelão, às 17 horas, pela 12ª rodada da Série A.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags