PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Na série invicta, defesa do Ceará melhora e reduz a quantidade de gols sofridos

Na sequência de invencibilidade alvinegra, o Vovô levou menos da metade dos gols que sofreu nas quatro primeiras rodadas

Brenno Rebouças
11:35 | 02/07/2021
Goleiro Richard é um dos responsáveis pelo bom desempenho defensivo (Foto: Fausto Filho / Ceará SC)
Goleiro Richard é um dos responsáveis pelo bom desempenho defensivo (Foto: Fausto Filho / Ceará SC)

Depois de um início de Série A que causou preocupação nos torcedores alvinegros, o Ceará vem reagindo na competição e há quatro partidas que não sai de campo sem pontuar. Atual 12º colocado, com 10 pontos, o Vovô vê de perto a maioria dos concorrentes que estão acima, uma vez que está a apenas uma vitória de alcançar a pontuação do 5º colocado, o Atlético-MG.

+ Messias lamenta empate do Ceará diante do RB Bragantino: "A gente queria mais" 

+ Ceará vai pedir à CBF para mandar jogos da Série A em Carlos de Alencar Pinto; ajustes estão sendo feitos

Um dos fatores para essa recuperação do Ceará na competição foi ter ajustado o sistema defensivo. Em oito partidas, o Alvinegro sofreu dez tentos, mas apenas três saíram nas últimas quatro partidas. Isso significa que dentro da sequência sem derrotas, o Vovô sofreu menos da metade dos gols que nos quatro jogos iniciais.

Na última rodada, o Vovô conseguiu segurar o melhor ataque da competição e saiu do Nabi Abi Chedid sem levar gols do Red Bull Bragantino. Além disso, contra o São Paulo, o gol de empate do tricolor paulista contou com ajuda do lateral-direito Gabriel Dias, do Ceará, e o tento de empate do Internacional foi de pênalti.

Vale ressaltar que é a segunda partida seguida que o Ceará cedeu somente dois chutes no alvo ao adversário. Somadas as partidas contra o São Paulo e Bragantino, o goleiro Richard só foi obrigado a trabalhar em quatro ocasiões.

A melhora do sistema defensivo começou logo após o momento mais crítico de Guto Ferreira no cargo de técnico do Ceará. Na quarta rodada, após derrota em casa para o Bahia, o “Gordiola” esteve bastante pressionado, mas o time começou a reagir.

Um detalhe importante é que essa diminuição de gols acontece mesmo sem a presença das “Torres Gêmeas” em campo. Messias vem fazendo dupla com Gabriel Lacerda nas últimas quatro partidas — tendo entrado Jordan diante do Bragantino. O jovem Lacerda, inclusive, marcou o gol do único triunfo na sequência invicta (com ajuda de Everson).