PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Tivemos as melhores oportunidades", destaca Guto Ferreira após empate entre Ceará e RB Bragantino

Em partida de 22 finalizações, sendo 9 do Vovô, equipe empatou sem gols com Massa Bruta fora de casa

Iara Costa
20:04 | 01/07/2021
FORTALEZA,CE, BRASIL, 27.06.2021: Guto Ferreira, tecnico do Ceará.  Jogo pelo campeonato brasileiro série A, Ceará vs São Paulo. arena Castelão. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FABIO LIMA)
FORTALEZA,CE, BRASIL, 27.06.2021: Guto Ferreira, tecnico do Ceará. Jogo pelo campeonato brasileiro série A, Ceará vs São Paulo. arena Castelão. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FABIO LIMA)

Na tarde desta quinta-feira, 1°, Ceará e RB Bragantino se enfrentaram em partida que foi finalizada com um empate sem gols em Bragança Paulista. Após o ponto conquistado fora de casa, o técnico do Vovô, Guto Ferreira, elogiou o futebol jogado pela equipe alvinegra em entrevista coletiva.  

"Fizemos um bom jogo. Das duas equipes, quem esteve mais perto do gol fomos nós. Eles tiveram mais posse, mas nós tivemos as melhores oportunidades. Eles rodaram bastante, cruzaram, mas não entraram. Chances claríssimas de gol, acho muito difícil, nós tivemos muito mais que eles. Isso me deixa satisfeito, saber que o Palmeiras, que ta no G-5, tomou três gols aqui. A gente tem que pesar isso. Nós enfrentamos o líder do campeonato. Independente do resultado que tivesse aqui, seria o líder. Todo respeito ao trabalho do Bragantino, mas tem que respeitar o trabalho do Ceará também", ressaltou o treinador.

Ao todo, houve 22 finalizações na partida. De acordo com o site de estatísticas e resultados Sofascore, o Bragantino finalizou 13 vezes, mas somente duas vezes foi ao gol, e o Ceará finalizou 9 vezes, indo três vezes na meta de Cleiton. 

Guto não deixou, entretanto, de lamentar o empate. Para ele, o Vovô tinha total condição de ter saído do jogo com a vitória. "Eu queria mais do que nunca ter saído com os três pontos, mas o Ceará, independentemente de estar ganhando ou empatando, às vezes perdendo, sempre tem trabalhado para vencer. Às vezes não consegue, mas é bom essa sequência de jogos e essa sequência invicta, pois vai dando confiança para a equipe no restante da competição", falou.

+ Empate valioso contra o líder: atuação defensiva do Ceará merece ser valorizada

O técnico também pontuou que o que faltou para que o Alvinegro de Porangabuçu chegasse a uma vitória foi capricho nas finalizações. "Faltou felicidade nas conclusões do segundo tempo. Nas duas últimas, o Naressi pegou de esquerda, ele não é canhoto, mas ele teve a competência de bater. Também teve a bola do Kelvyn, que acabou batendo na meia altura e o Cleiton fez uma boa defesa. Tivemos outras oportunidades, mas infelizmente não aconteceu. Faltou o gol, pois fizemos uma boa partida", avaliou o técnico.

Messias lamenta empate do Ceará diante do RB Bragantino: "A gente queria mais"