Participamos do

Rússia vai recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte contra exclusão da Copa da Mundo do Catar

Na segunda-feira, 28, a Fifa e a Uefa baniram os russos de todas as suas competições, em reação à invasão da Ucrânia
09:43 | Mar. 04, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Federação Russa de Futebol anunciou nesta quinta-feira, 3, que vai recorrer da sua exclusão da Copa de 2022 e de todas as competições internacionais perante o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) em Lausanne.

A Rússia inicialmente enfrentaria a Polônia em 24 de março em Moscou, nas semifinais da repescagem para a Copa do Mundo. Na segunda-feira, 28, a Fifa e a Uefa baniram os russos de todas as suas competições, em reação à invasão da Ucrânia.

A Federação Russa solicitará que todas as seleções masculinas e femininas retornem a todas as competições e solicitará ao TAS "um procedimento acelerado" em seu caso, dada a proximidade da data inicialmente prevista para o duelo contra a Polônia, que insistiu que não jogará contra os russos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os responsáveis pelo futebol russo estimam que a Fifa e a Uefa agiram "sem base legal" para decretar o seu veto e que tomaram a decisão "sob pressão" de federações de futebol rivais, como a polaca. Também lamentaram por não expor seu ponto de vista a ambas as organizações.

Na segunda-feira, a Federação Russa de Futebol já havia denunciado os efeitos "discriminatórios" da decisão "para um grande número de atletas, treinadores, funcionários de clubes e seleções".

A Copa do Mundo de 2022, o grande evento esportivo do ano, será realizada de 21 de novembro a 18 de dezembro no Catar. A Rússia foi o país anfitrião da edição anterior do evento, em 2018.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags