Participamos do

Luciano Huck avalia personagens Tiazinha e Feiticeira: "Não caberia hoje"

Tiazinha e Feiticeira foram personagens marcantes dos programas comandados por Huck no começo da carreira do apresentador
11:21 | Ago. 30, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, Luciano Huck falou sobre sua preparação para a estreia de "Domingão com Huck", no domingo, 5, e relembrou momentos de sua carreira. Para o apresentador, personagens que surgiram no início da carreira de Huck na TV, como Tiazinha (Suzana Alves) e Feiticeira (Joana Prado), não fariam sentido no momento atual, após a jornalista Renata Ceribelli afirmar que faziam parte do "imaginário machista".

"Tinham coisas que eram aceitáveis há 20 anos atrás e que não são mais", destaca Huck. "Não caberia hoje em dia, de jeito nenhum. Coube naquele contexto. A gente era muito jovem, tinha uma certa ingenuidade naquilo também. O jeito que a minha geração foi educada, tem pilares que não se sustentam mais, graças a Deus".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na entrevista, a jornalista também perguntou a Luciano sobre sua reação ao descobrir a orientação sexual do irmão, Fernando Grostein. "No meu livro eu trato, por exemplo, quando meu irmão conversou com a minha mãe e comigo e falou que era gay. Se falar que foi fácil, é mentira, não foi fácil. Tenho orgulho do meu irmão, do que ele representa, do ativismo dele. Me ensinou tanta coisa", afirmou.

Com a saída de Faustão da TV Globo, Huck passará a comandar o programa aos domingos, que estreia no dia 5 de setembro. A produção já apresenta sinais de que será um sucesso comercial, assim como foi com o Domingão. Três grandes marcas já sinalizaram à Globo que irão anunciar nos intervalos e dentro do novo programa.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags