Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Covid: "Pior já passou" e foco é detectar casos da variante Delta, diz Cabeto

Segundo o secretário da Saúde do Estado, dr. Cabeto, a cada 100 exames para diagnóstico do vírus, apenas cinco são positivos
22:32 | Ago. 02, 2021
Autor - Ana Rute Ramires
Foto do autor
- Ana Rute Ramires Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Os registros diários de casos de Covid-19 têm sido raros nos últimos dias, aponta o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto. A cada 100 exames para diagnóstico do vírus, apenas cinco são positivos, segundo o médico. Ele considera que o "pior já passou", no que se refere à curva da pandemia no Ceará. 

O secretário comentou sobre o cenário epidemiológico em entrevista no programa Domingo Debate, na rádio Assunção, nesse domingo, 1º. "A gente teve um momento inicial de medidas agudas para conseguir atender, de se preparar para uma segunda onda, que o Ceará fez de maneira muito eficiente. Agora, é momento de um bom monitoramento principalmente de vigilância dessas variações virais", detalhou.

Com a redução de casos e hospitalizações, o Estado está redirecionando leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que eram destinados a pacientes com Covid-19 para a realização cirurgias eletivas novamente. "Chegamos a ter a cada 100 exames, 70 positivos. Hoje, a cada 100 exames, cinco são positivos. Em geral, casos mais leves. Mas isso obriga a manter a testagem e os cuidados", destaca.

Dentro da estratégia de monitoramento, o secretário evidencia a importância das barreiras sanitárias. Além do Centro de Testagem já instalado no Aeroporto Internacional de Fortaleza, a ideia é colocar estruturas semelhantes em outros aeroportos e das rodoviárias do Estado.

Ele destaca que o Estado montou um sistema próprio no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) para realizar o sequenciamento genético do vírus a fim de identificar variantes. Na semana passada, os primeiros casos da variante Delta foram confirmados no Estado, com identificação da variação viral em quatro viajantes vindos do Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM | Chegada da variante delta no Ceará preocupa especialistas; orientação é redobrar os cuidados

"Tradicionalmente, isso é feito na Fiocruz. Todos os Estados encaminham os casos suspeitos. Isso para a gente era pouco. Se nós tivéssemos esperado o modelo nacional, a gente ia descobrir isso daqui um mês", compara.

Dr. Cabeto destaca que a variante Delta tem se apresentado com comportamentos diferentes ao redor do mundo. "Em países com taxa de vacinação muito baixa, ela tem se tornado altamente contagiosa. Em locais onde a taxa de vacinação é alta, principalmente a vacinação completa, isso tem sido menos importante", conclui.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem 17,66% da população vacinada contra a Covid-19

VACINÔMETRO
22:21 | Ago. 02, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará tem um total de 1.622.613 pessoas que completaram a imunização contra a Covid-19 (duas doses de AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer ou dose única da Janssen). A quantidade equivale a 17,66%* da população, de um total de 9,1 milhões de pessoas que residem no Estado. Em relação à primeira dose (D1), 3,8 milhões de pessoas receberam a vacina, contabilizando 41,96% da população do Estado. Ceará aplicou mais de 5,4 milhões de doses da vacina contra a doença em seis meses da campanha de vacinação contra a doença.

As informações são da plataforma Vacinômetro, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), consolidadas às 17 horas desse domingo, 1º. Já as estimativas da quantidade populacional são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

LEIA MAIS | Xepa de vacina contra Covid-19 existe em Fortaleza? Saiba como o processo funciona

+ Covid: Variante Delta é identificada em viajantes que chegaram a Fortaleza

No levantamento dos imunizantes que chegaram ao Ceará, por meio do Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde, mais de seis milhões de vacinas foram entregues ao Estado e foram distribuídas aos 184 municípios. A população vem sendo contemplada com doses das vacinas CoronaVac/Instituto Butantan, AstraZeneca/Oxford, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson&Johnson — esta última utiliza apenas uma dose de aplicação para imunização contra o vírus.  

No fim de semana, o Ceará recebeu um total de 316.360 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 143.200 da CoronaVac e 173.160 da Pfizer. No entanto, o lote recebido é menor do que o previsto pelo Ministério da Saúde, cuja previsão era de entregar 319.960 doses. Segundo informações do governador Camilo Santana (PT), a pasta federal deve compensar quantitativo nas próximas remessas. 

Confira os números da vacinação no Ceará

Total de doses aplicadas: 5.478.013
Total de D1 aplicadas: 3.855.400
Total de D2 aplicadas: 1.474.118
Total de doses únicas aplicadas: 148.495

LEIA TAMBÉM | Fortaleza retoma aplicação de primeira dose na quarta-feira, 4

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

LEIA MAIS | Perdeu data da segunda dose da vacina contra Covid? Saiba onde ser imunizado

+ Passo a passo: como se cadastrar para a vacinação contra a Covid-19 no Ceará

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Veja os números de vacinados por grupo prioritário no Estado**

- Profissionais de Saúde (fase 1)

Dose 1 (D1): 259.316 (102%*)
Dose 2 (D2): 210.602 (81%)
Dose Única (DU): 94

- Idosos institucionalizados (fase 1)

Dose 1 (D1): 2.207 (109%)
Dose 2 (D2): 2.169 (107%)
Dose Única: 0

- Indígenas (fase 1)

Dose 1 (D1): 19.469 (95%)
Dose 2 (D2): 19.188 (94%)

- Idosos > 75 anos (fase 1)

Dose 1 (D1): 375.279 (108,86%)
Dose 2 (D2): 359.292 (104,24%)
Dose Única: 96

- Deficientes institucionalizados (fase 1)

Dose 1 (D1): 559 (148,28%)
Dose 2 (D2): 534 (138%)
Dose Única: 0

- Idosos entre 70 e 74 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 238.658 (107,28%)
Dose 2 (D2): 217.113 (97,87%)
Dose Única (DU): 94

- Idosos entre 65 e 69 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 269.851 (98,08%)
Dose 2 (D2): 255.348 (92,17%)
Dose Única (DU): 94

- Idosos entre 60 e 64 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 334.233 (99%)
Dose 2 (D2): 253.824 (67%)
Dose Única: 531

- Povos e comunidades quilombolas (fase 2)

Dose 1 (D1): 14.858 (100%)
Dose 2 (D2): 12.664 (81%)
Dose Única: 0

- Trabalhadores da Força de Segurança, Salvamento e Forças Armadas (fase 2)

Dose 1 (D1): 32.616 (111%)
Dose 2 (D2): 8.267 (27%)
Dose Úncia: 49

- Gestantes, Puérperas e Comorbidades (fase 3)

Dose 1 (D1): 51.739 (89%)
Dose 2 (D2): 10.867 (19%)

- PCD e Comorbidades (Fase 3)

Dose 1 (D1): 417.043 (81%)
Dose 2 (D2): 55.702 (9%)
Dose Única: 422

- Trabalhadores da Educação (Fase 4)

Dose 1 (D1): 176.031 (97,76%)
Dose 2 (D2): 1.799 (1%)
Dose Única: 272

- Trabalhadores Portuários (Fase 4)

Dose 1 (D1): 2.975 (132%)
Dose 2 (D2): 22
Dose Única: 1

- Trabalhadores Transporte Aéreo (Fase 4)

Dose 1 (D1): 1.598 (95%)
Dose 2 (D2): 201
Dose Única: 4

*A Sesa destacou que os dados oscilam negativamente em relação aos dias anteriores por consequência de ajustes nas planilhas enviadas pelos municípios.

**As porcentagens da vacinação da população cearense são definidas com base em metas estabelecidas pela Secretaria Estadual da Saúde do Ceará (Sesa) para cada público prioritário. As taxas de aplicação correspondem às doses que já foram distribuídas. Mediante o envio de lotes de vacinas pelo Ministério da Saúde (MS), as doses dos imunizantes são distribuídas aos municípios proporcionais às estimativas populacionais de cada grupo prioritário (meta).259.285

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará chega a 919.544 casos de Covid-19; 642.807 pessoas estão recuperadas

Números da pandemia
19:52 | Ago. 02, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará registrou 82 novos casos de Covid-19 e nove mortes nas últimas 24 horas. A quantidade de casos foi de 919.462, nesse domingo, 1º, para 919.544, nesta segunda-feira, 2. O acumulado de óbitos no sistema foi de 23.519 para 23.528 no mesmo período. Os dados são do IntegraSUS, plataforma de transparência atualizada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), consolidados às 9h10min desta segunda-feira.

Ainda de acordo com a plataforma, nenhuma morte confirmada por Covid-19 aconteceu nas últimas 24 horas. Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

No Estado, há atualmente, 642.807 pessoas recuperadas da doença e 44.817 com suspeita de infecção. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Foram realizados 2.515.990 exames para detecção do coronavírus no Ceará até o momento.

Covid-19: números do Ceará

919.544 casos confirmados
23.528 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.515.990 exames
642.807 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 31 de julho (31/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará registra 256 novos casos e nenhuma morte por Covid-19 em 24 horas

Números da pandemia
16:35 | Ago. 01, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nas últimas 24 horas, o Ceará registrou 256 novos casos de Covid-19 e nenhum óbito. Atualização no IntegraSUS, plataforma de transparência atualizada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), foi feita às 9h50min deste domingo, 1º de agosto. O Estado soma 919.462 confirmações da infecção e 23.519 óbitos pela doença. 

Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

Atualmente, há 642.622 pessoas recuperadas da doença e 45.637 com suspeita de infecção aguardando resultado de exames já realizados. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Já foram realizados 2.514.564 exames para detecção do coronavírus no Estado até o momento.

Covid-19: números do Ceará

919.206 casos confirmados
23.519 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.510.815 exames
642.598 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 31 de julho (31/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Em 24 horas, 869 casos e 22 mortes por Covid-19 são registrados no Ceará

Números da pandemia
16:05 | Jul. 31, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará registra 919.206 casos de Covid-19 oficialmente registrados no Estado até este sábado, 31 de julho. O Ceará soma, ainda, 23.519 óbitos por Covid-19. Foram registrados 869 novos casos de Covid-19 e 22 mortes pela desde a ultima contagem, nessa sexta-feira, 30. Nenhuma morte foi registrada pela doença nas ultimas 24 horas, conforme o IntegraSUS, plataforma de transparência atualizada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) às 9h50min.

Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

Atualmente, há 642.598 pessoas recuperadas da doença e 47.740 com suspeita de infecção aguardando resultado de exames já realizados. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Já foram realizados 2.510.815 exames para detecção do coronavírus no Estado até o momento.

Covid-19: números do Ceará

919.206 casos confirmados
23.519 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.510.815 exames
642.598 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Centro de Eventos tem movimento tranquilo durante vacinação neste sábado

Segunda dose
13:10 | Jul. 31, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Aplicando a segunda dose da vacina contra a Covid-19, o Centro de Eventos do Ceará, no bairro Edson Queiroz, registrou movimentação tranquila e filas rápidas na manhã deste sábado, 31 de julho (31/07). O POVO conversou com residentes de Fortaleza que receberam o reforço na imunização sobre deslocamento e a importância da vacinação.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO) (Foto: Aurélio Alves)

O professor Marcelo Caetano, de 48 anos, mora perto do Centro de Eventos e não enfrentou problemas para chegar no equipamento, localizado na avenida Washington Soares. Tanto a espera quanto o atendimento o agradaram. Com a vacinação, o professor espera “que tudo isso passe. Que todos sejam logo vacinados, para que [a pandemia] termine logo, ou amenize cada vez mais”.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO) (Foto: Aurélio Alves)

Deixar a pandemia de lado também é a esperança do servidor público Eronari Barbosa, 50. Para ele, a vacina é importante para a população “voltar ao normal, pelo menos tentar. Conviver com nossos familiares, amigos, trabalho”. Sua chegada ao local de vacinação também foi tranquila e, conforme repassou, demorou cerca de 40 minutos.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO) (Foto: Aurélio Alves)

Já a artesã Vládia Matias, 48, demorou mais em seu deslocamento até o Centro de Eventos. Moradora do José Walter, ela precisou passar pelo Terminal da Messejana. No local, ela afirma ter sido “muito bem recepcionada” e não enfrentado filas demoradas. Quando perguntada sobre seu sentimento ao tomar a segunda dose, Vládia se emociona em meio a lágrimas: “Tenho mãe idosa e diabética e sou hipertensa, é muito importante mesmo. A gente tem medo de pegar essa doença”.

FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 31-07.2021: Centro de Eventos, Aplicação de segunda dose da vacina contra a Covid-19. (Foto:Aurelio Alves/ Jornal O POVO) (Foto: Aurélio Alves)

A voluntária Leila Façanha, 50, recebeu o reforço da imunização, assim como seu marido, e aguarda a vez dos filhos. “A alegria só vai estar completa quando chegar vacina no braço de todo mundo”, conta. Ela argumenta que se vacinar é um ato de amor ao próximo. “A gente toma não é só para a gente não, é para cuidar do próximo. A gente fala tanto de amor ao próximo, né? Então, uma demonstração de cuidado com o outro é que é o verdadeiro amor ao próximo. A gente cuida da gente e cuida do outro”, finaliza.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags