Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Secretaria da Saúde procura passageiros que estavam em voos com infectados pela cepa delta

Mais contagiosa, a variante indiana foi identificada em quatro pessoas que vieram do Rio de Janeiro para Fortaleza em três voos distintos; passageiros que estavam nos voos devem cumprir auto quarentena
23:21 | Jul. 29, 2021 Autor - Gabriela Almeida Tipo Notícia

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) procuram por passageiros e tripulantes de três aeronaves que chegaram no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, vindas do Rio de Janeiro. Isso porque os voos, que ocorreram entre os dias 19 e 21 de julho, contaram com a presença de quatro pessoas que estavam infectadas pela variante delta do coronavírus.

Mais contagiosa, a variante indiana foi identificada em três mulheres e um homem, com idades entre 22 e 26 anos, que vieram do estado carioca para Fortaleza em três voos distintos. Desses passageiros, dois são residentes de Fortaleza, um mora em Caucaia e outro reside em Itapipoca.  

| LEIA MAIS | Variante Delta se espalha na China e chega a Pequim

Covid-19: virologista explica importância de crianças e adolescentes serem vacinados

Máscara, vacinas em dia e atenção aos sintomas são recomendações para pais na volta às aulas

Logo após a identificação da variante, os órgãos sanitários realizaram uma busca ativa na lista dos passageiros e tripulantes das três aeronaves onde os infectados estavam. Em publicação no site da entidade, realizada nesta quinta-feira, 29, a Sesa orientou que todos as pessoas que estavam nas aeronaves cumpram auto quarentena de 14 dias contados a partir da data de desembarque. Os voos são:

– Voo Gol 2021 de 19/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Latam 3383 de 20/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Azul 4763 de 21/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

Para "adiantar o rastreamento", a pasta de saúde também convocou todos os passageiros e tripulantes a procurarem "imediatamente" o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs/CE) pelo número (85) 98724-0455, das 9h às 17 horas. Também orienta que essas pessoas realizem o exame no Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen).

Casos da variante pelo Brasil

O Ministério da Saúde divulgou um balanço, na última segunda-feira, 26, onde informava que o número de casos da variante delta no País havia chegado a 169. Número significou um aumento de 26 infecções do tipo em apenas três dias, em comparação ao balanço realizado em período anterior a esse.

Do total de 169 pacientes identificados com a variante, 13 apresentaram quadro grave e morreram em decorrência da covid-19. Por ser mais contagiosa do que a cepa original, a delta preocupa órgãos sanitários, que permanecem em alerta com o aumento de infecções. No Ceará, os viajantes são monitorados em barreiras sanitária e por meio de um Centro de Testagem.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Seleção de handebol vence Argentina e continua viva na Olimpíada

Esportes
2021-07-29 23:23:32 Autor Agência Brasil Tipo Notícia

A seleção brasileira masculina de handebol conseguiu uma importante vitória de 25 a 23 sobre a Argentina, em partida válida pelo Grupo A da Olimpíada de Tóquio (Japão) disputada no Ginásio Nacional Yoyogi, e manteve vivas as possibilidades de classificação para as quartas de final.

Ceará registra 917 mil casos e duas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Números da pandemia
2021-07-29 23:14:00 Autor Redação O POVO Tipo Notícia

O Ceará ultrapassa os 917 mil casos de Covid-19 acumulados desde o início da pandemia. São, ao todo, 917.645 casos da doença oficialmente registrados no Estado nesta quinta-feira, 29 de julho. O Ceará soma, ainda, 23.488 óbitos por Covid-19. Foram registrados, ainda, 651 novos casos de Covid-19 desde a ultima contagem, nessa quarta-feira, 28, quando a quantidade de casos saiu de 916.994 para 917.645. Duas mortes foram registradas pela doença nas ultimas 24 horas, conforme o IntegraSUS, plataforma de transparência do Governo do Estado. 

As informações foram atualizadas pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) às 13h30min. Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

Atualmente, há 641.918 pessoas recuperadas da doença e 51.280 com suspeita de infecção aguardando resultado de exames já realizados. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Já foram realizados 2.501.294 exames para detecção do coronavírus no Estado até o momento.

Covid-19: números do Ceará

917.645 casos confirmados
23.488 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.501.294 exames
641.918 pessoas recuperadas
óbitos confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasil perde para Fiji e está eliminado do rúgbi de sete feminino em Tóquio 2020

Jogos Olímipicos
2021-07-29 23:11:44 Autor Gazeta Esportiva Tipo Notícia

Em jogo difícil contra Fiji, o Brasil saiu derrotado por 41 a 5 na terceira e última rodada da fase de grupos do rúgbi de sete feminino no Estádio de Tóquio nesta quinta-feira. Desta maneira, as brasileiras não conseguem a classificação para a próxima fase da competição.

A equipe brasileira iniciou bem a partida com um try de Bianca Silva em troca de passes rápidos pelo lado do gramado. As brasileiras conseguiam aproveitar os erros de Fiji para avançar o campo, mas Nakoci e Ulunisau mudaram o rumo do jogo e tomaram a liderança no placar ainda no primeiro tempo, que terminou em 19 a 5 para Fiji.

A segunda etapa começou ruim para o Brasil, com o cartão amarelo para Bianca Silva e novo try de Fiji, dessa vez com Naimasi. Depois disso, Ulunisau seguiu dominando o jogo com muita velocidade pelo lado do campo. Likuceva ainda fechou a partida com mais uma pontuação para sua equipe.

 

+ Onde e como surgiram as Olimpíadas

+ O que representa a Tocha Olímpica

+ Quanto custou as Olimpíadas de Tóquio

+ Quais as modalidades terão nos Jogos Olímpicos

+ Quais países participarão dos Jogos Olímpicos

+ Olimpíadas de Tóquio: quem são os favoritos

+ Conheça cinco modalidades curiosas

Olimpíadas de Tóquio: últimas notícias

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Incêndio atinge galpão com acervo da Cinemateca Brasileira em São Paulo

Brasil
2021-07-29 23:09:00 Autor Lara Vieira Tipo Notícia

Um incêndio atingiu nesta quinta-feira, 29, o depósito da Cinemateca Brasileira, localizado na Zona Oeste de São Paulo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um chamado indicando o fogo na edificação foi registrado por volta das 18 horas. De acordo com informações preliminares, não há vítimas. O local já foi atingido por incêndio em 2016 e, em 2020, sofreu com uma inundação.

Confira momento em que chamas consomem o prédio:

 

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, os bombeiros informaram que seis viaturas foram enviadas ao local, na rua Othão, 290, na Vila Leopoldina. O galpão mede cerca de 6.356 m² e é usado para guardar parte do acervo da Cinemateca Brasileira. Entre os materiais, estavam rolos de filmes de 35 mm e 16 mm, altamente inflamáveis.

A edificação também abriga o acervo da Programadora Brasil, documentos e equipamentos museológicos. Com as inundações registradas no ano passado, parte do acervo já havia sido comprometido. A instituição ainda não revelou quais itens foram danificados.

Em seu perfil no Twitter, João Dória, o governador de São Paulo, declarou que o descaso com o prédio é um "desprezo pela memória" do País. "O incêndio na Cinemateca de São Paulo é um crime com a cultura do país. Desprezo pela arte e pela memória do Brasil dá nisso: a morte gradual da cultura nacional", escreveu.

Em nota fornecida para o portal G1, a Secretaria Especial de Cultura, em Brasília, que administra a instituição federal, informou que "lamenta profundamente" o ocorrido. O órgão declarou, ainda, que "todo o sistema de climatização do espaço passou por manutenção há cerca de um mês". A secretária diz ter solicitado apoio à Polícia Federal para investigação das causas do incêndio.

Descaso

Ainda, segundo o portal G1, uma ação contra a União já tinha sido solicitada pelo Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP) em julho de 2020. De acordo com o documento, o contrato para gestão da Cinemateca, firmado entre o governo federal e a Associação Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp) teria terminado no dia 31 de dezembro de 2019. Desde então, não houve nova licitação.

A ação judicial destacava problemas como risco de incêndio, falta de vigilância, atrasos nas contas de água e luz, e atraso no pagamento de salários. Em maio deste ano, no entanto, o MPF-SP suspendeu a ação contra a União depois que o governo federal se comprometeu a mostrar as ações implementadas pela preservação do patrimônio no prazo de até 45 dias.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Presidente regulamenta MP que reorganiza cargos e funções no Executivo

Política
2021-07-29 23:08:36 Autor Agência Brasil Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro editou hoje (29) decreto para regulamentar a Medida Provisória 1.042/21, norma que simplificou a gestão de cargos e funções de confiança no Poder Executivo Federal. A MP possibilita a alteração de cargos em comissão e funções de confiança sem aumento de despesa. 

De acordo com a Subchefia para Assuntos Jurídicos da Presidência da República, a regulamentação segue a linha dos decretos n9.739/19 e nº 9.727/19. 

“Em linhas gerais, são adaptadas e aprimoradas regras sobre categorias de cargos em comissão e funções de confiança, estruturas organizacionais dos órgãos e entidades e procedimentos para a apresentação dessas propostas ao Ministério da Economia”, informou o órgão. 

Crédito 

O presidente Bolsonaro também pediu ao Senado a autorização para obtenção de crédito de US$ 1 bilhão para o Brasil junto ao New Development Bank (NDB) - banco dos Brics. Os recursos serão destinados ao Programa Emergencial de Acesso a Crédito. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags