PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ceará tem 16,44% da população vacinada contra a Covid-19

A campanha de imunização vem ocorrendo para o público geral, de 18 a 59 anos, e demais grupos prioritários no Estado

Mirla Nobre
21:15 | 23/07/2021
Público geral, de 18 a 59 anos, e demais grupos prioritários no Estado seguem sendo vacinados. Na foto, vacinação ocorre no Centro de Eventos, um dos pontos de aplicação da vacina em Fortaleza  (Foto: Fernanda Barros)
Público geral, de 18 a 59 anos, e demais grupos prioritários no Estado seguem sendo vacinados. Na foto, vacinação ocorre no Centro de Eventos, um dos pontos de aplicação da vacina em Fortaleza (Foto: Fernanda Barros)

O Ceará tem um total de 1.511.201 pessoas que completaram a imunização contra a Covid-19 (duas doses de AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer ou dose única da Janssen). A quantidade equivale a 16,44%* da população, de um total de 9,1 milhões de pessoas que residem no Estado. Em relação à primeira dose (D1), 3,7 milhões de pessoas receberam a vacina, contabilizando 40,75% da população do Estado. Ceará aplicou mais de cinco milhões de doses da vacina contra a doença em seis meses da campanha de vacinação contra a doença.

As informações são da plataforma Vacinômetro, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), consolidadas às 17 horas dessa quinta-feira, 22. Já as estimativas da quantidade populacional são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A plataforma ainda mostra que, nas últimas 24 horas, 86 mil pessoas receberam a D1, 131 mil a D2 e 963 a dose única.

LEIA MAIS | Xepa de vacina contra Covid-19 existe em Fortaleza? Saiba como o processo funciona

No levantamento dos imunizantes que chegaram ao Ceará, por meio do Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde, mais de seis milhões de vacinas foram entregues ao Estado e foram distribuídas aos 184 municípios. A população vem sendo contemplada com doses das vacinas CoronaVac/Instituto Butantan, AstraZeneca/Oxford, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson&Johnson — esta última utiliza apenas uma dose de aplicação para imunização contra o vírus. 

Confira os números da vacinação no Ceará

Total de doses aplicadas: 5.255.410
Total de D1 aplicadas: 3.744.209
Total de D2 aplicadas: 1.362.816
Total de doses únicas aplicadas: 148.385

LEIA TAMBÉM | Primeiro lote da Sputnik chega ao Nordeste em uma semana

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

LEIA MAIS | Covid-19: o que fazer se perder agendamento da vacina em Fortaleza

+ Passo a passo: como se cadastrar para a vacinação contra a Covid-19 no Ceará

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Em Fortaleza, quem perdeu o agendamento para vacinação contra Covid-19 deve esperar por um novo dia de repescagem. As datas são divulgadas pela Prefeitura da Capital. A orientação da Prefeitura é que as pessoas acompanhem as redes sociais da gestão para saber quando será o agendamento para repescagem da primeira dose (D1). No entanto, a medida não é para todos.

Nesta semana, os moradores de que tenham idade igual ou superior a 45 anos e perderam o agendamento não mais precisarão aguardar a repescagem para se vacinarem. Eles poderão se dirigir a qualquer unidade de imunização na Capital para serem imunizados. A medida foi anunciada pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), por meio das redes sociais, no último domingo, 18.

Veja os números de vacinados por grupo prioritário no Estado**

- Profissionais de Saúde (fase 1)

Dose 1 (D1): 259.043 (102%*)
Dose 2 (D2): 206.8928 (80%)
Dose Única (DU): 1.235

- Idosos institucionalizados (fase 1)

Dose 1 (D1): 2.259 (111%)
Dose 2 (D2): 2.189 (108%)
Dose Única: 0

- Indígenas (fase 1)

Dose 1 (D1): 19.446 (95%)
Dose 2 (D2): 19.185 (94%)

- Idosos > 75 anos (fase 1)

Dose 1 (D1): 375.256 (108,73%)
Dose 2 (D2): 358.381 (103,74%)
Dose Única: 90

- Deficientes institucionalizados (fase 1)

Dose 1 (D1): 595 (148,28%)
Dose 2 (D2): 568 (138%)
Dose Única: 0

- Idosos entre 70 e 74 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 237.889 (107,28%)
Dose 2 (D2): 215.853 (97,01%)
Dose Única (DU): 83

- Idosos entre 65 e 69 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 270.324 (97,95%)
Dose 2 (D2): 247.842 (87,5%)
Dose Única (DU): 83

- Idosos entre 60 e 64 anos (fase 2)

Dose 1 (D1): 334.641 (99%)
Dose 2 (D2): 218.833 (55%)
Dose Única: 480

- Povos e comunidades quilombolas (fase 2)

Dose 1 (D1): 14.846 (100%)
Dose 2 (D2): 12.303 (81%)
Dose Única: 0

- Trabalhadores da Força de Segurança, Salvamento e Forças Armadas (fase 2)

Dose 1 (D1): 32.585 (111%)
Dose 2 (D2): 7.667 (25%)
Dose Úncia: 32

- Gestantes, Puérperas e Comorbidades (fase 3)

Dose 1 (D1): 49.799 (85%)
Dose 2 (D2): 8.269 (12%)

- PCD e Comorbidades (Fase 3)

Dose 1 (D1): 415.365 (81%)
Dose 2 (D2): 29.097 (4%)
Dose Única: 573

- Trabalhadores da Educação (Fase 4)

Dose 1 (D1): 176.057 (98,94%)
Dose 2 (D2): 646 (1%)
Dose Única: 146

- Trabalhadores Portuários (Fase 4)

Dose 1 (D1): 2.963 (132%)
Dose 2 (D2): 20
Dose Única: 1

- Trabalhadores Transporte Aéreo (Fase 4)

Dose 1 (D1): 1.608 (95%)
Dose 2 (D2): 140
Dose Única: 4

*A Sesa destacou que os dados oscilam negativamente em relação aos dias anteriores por consequência de ajustes nas planilhas enviadas pelos municípios.

**As porcentagens da vacinação da população cearense são definidas com base em metas estabelecidas pela Secretaria Estadual da Saúde do Ceará (Sesa) para cada público prioritário. As taxas de aplicação correspondem às doses que já foram distribuídas. Mediante o envio de lotes de vacinas pelo Ministério da Saúde (MS), as doses dos imunizantes são distribuídas aos municípios proporcionais às estimativas populacionais de cada grupo prioritário (meta).