PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Mais de 390 mil doses de vacinas contra Covid chegarão ao Ceará nesta semana

Anúncio das novas doses de vacinas foi feito pelo governador do Estado, Camilo Santana (PT), por meio das redes sociais na noite deste domingo, 18

Alan Magno
19:35 | 18/07/2021
Mais de 390 mil doses de vacina contra Covid-19 de diferentes fabricantes serão entregues ao Ceará em três lotes nesta semana (Foto: Fernanda Barros)
Mais de 390 mil doses de vacina contra Covid-19 de diferentes fabricantes serão entregues ao Ceará em três lotes nesta semana (Foto: Fernanda Barros)

O processo de imunização no Ceará, a partir desta semana, ganhará um novo ritmo com a chegada de vacinas contra Covid-19. Ao todo serão três lotes de imunizantes de diferentes fabricantes, totalizando 390.450 doses de imunizante. Anúncio foi feito pelo governador do Estado, Camilo Santana (PT), por meio das redes sociais na noite deste domingo, 18. 

Ainda não há confirmação da data e horário de entrega dos lotes, nem se serão entregues no mesmo dia. Porém, anúncio do governador detalha que serão 253.200 doses da AstraZeneca, sendo 205.500 produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e 50.700 doses doadas por meio do consórcio Covax/Facility. Haverá ainda o recebimento de 84.600 doses do imunizante Coronavac e outras 52.650 doses da Pfizer. 

Os noves lotes garantem o avanço da vacinação nos municípios cearenses, garantindo o retorno do processo de imunização nas localidades, que assim como Fortaleza, tinham paralisado a aplicação da primeira dose da vacina contra Covid-19, por falta de estoque. 

Divulgação do Estado ocorre em paralelo ao anúncio do prefeito da Capital, José Sarto Nogueira (PDT), de que pessoas residentes em Fortaleza com 45 anos ou mais poderão se vacinar sem necessidade de agendamento a partir da segunda-feira, 19. Em outra medida, também a partir do dia 19 de julho, Fortaleza vacinará pessoas abaixo de 30 anos, além de gestantes e puérperas

Na publicação nas redes sociais, o governador frisou a importância do processo de imunização. Ele reforçou ainda que a vacinação precisa estar aliada com respeito aos protocolos de segurança e medidas sanitárias contra a Covid-19, como uso de máscara e respeito ao distanciamento social. "Só assim conseguiremos vencer a pandemia de vez", destaca.

"É preciso mais consciência dessas pessoas que desrespeitam as orientações da ciência, colocando em risco suas vidas e as vidas de outras pessoas. Não adianta só fiscalização. É preciso que todos colaborem", pontua o gestor do Estado ao criticar os casos recorrentes de aglomerações registradas em diversos pontos do Ceará.