Participamos do

Ocupação de UTIs adulto chega a 99,3% no Cariri; situação preocupa governo

A taxa de transmissão da doença na macrorregião diminuiu, embora outros indicadores permaneçam em alta. Administração estadual avalia que medidas mais rígidas adotadas por alguns municípios já começam a fazer efeito
22:57 | Mai. 28, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A situação epidemiológica do Cariri cearense continua crítica, quando comparada ao restante do Estado. Em live para anunciar o novo decreto de isolamento social nesta sexta-feira, 28, o secretário da Saúde, Carlos Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, ressaltou que o número de positividade de exames RT-PCR é o indicador mais preocupante, com taxa próxima a 53%. Ocupação de UTIs adulto chega a 99,3%.

Em Fortaleza, por exemplo, o mesmo indicador registra 29% de positividade, o que indica uma menor circulação do vírus. A região do Cariri é a única que mantém medidas mais rígidas contra a pandemia de acordo com determinação do decreto estadual. Há ainda a recomendação de adoção de restrições ainda mais duras para conter o avanço da pandemia.

LEIA MAIS | Juazeiro do Norte não adota lockdown, mas reforça fiscalização, diz prefeito

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Durante a live de hoje, o secretário disse que as medidas mais rigorosas adotadas em alguns municípios mais atingidos já resultaram em alguma melhora nos indicadores. “Há uma tendência de redução (na taxa de transmissão), mas isso ainda não é visto na positividade e na pressão assistencial”, esclareceu.

Com total de 148 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, a região só tem um leito disponível, de acordo com dados do IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará, consolidados às 19h05min desta sexta-feira, 28. Em relação às enfermarias, a taxa de ocupação é de 68,9%.

O Hospital Regional do Cariri (HRC), referência para os moradores da macrorregião, apresenta lotação máxima nas 73 UTIs, além de 35 dos 44 leitos de enfermaria ocupados. No fim de abril, a unidade passou a contar com uma nova unidade de campanha, com acréscimo de 19 leitos de UTI e 19 leitos de enfermaria.

No total, 83 pacientes estão esperando transferência para leitos na região, sendo 37 para enfermarias e 46 para UTIs. Até esta sexta-feira, 2.390 habitantes do Cariri morreram em decorrência da Covid-19, de acordo com dados do IntegraSUS. Já foram confirmados mais 120 mil casos da doença e 18,9 mil seguem em investigação.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags