PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Covid-19: Fortaleza tem 95% das UTIs adulto ocupadas; seis hospitais atingem lotação máxima

Maior índice foi registrado no dia 15 de fevereiro deste ano, quando ocupação de equipamentos desse porte chegou a 97,01%

Gabriela Almeida
20:41 | 20/03/2021
Seis hospitais registram lotação em UTIs (Foto: FÁBIO LIMA)
Seis hospitais registram lotação em UTIs (Foto: FÁBIO LIMA)

Fortaleza tem 94,97% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto ocupados por pacientes que contraíram a Covid-19, conforme dados colhidos até às 18h05min deste sábado, 20, pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) e divulgados na plataforma IntegraSUS. O monitoramento, que considera tanto hospitais públicos como privados, aponta ainda que seis hospitais da Capital atingiram o limite máximo de ocupação das UTIs.

As unidades médicas que apresentaram lotação em equipamentos desse porte, dentro do período analisado, são: Hospital Geral de Fortaleza, Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), Hospital Uniclinic, Hospital São Carlos, Instituto Praxis e Hospital José Martiniano de Alencar.

| LEIA MAIS |

Segunda fase de vacinação: Fortaleza espera vacinar mais de 250 mil idosos

Veja passo a passo para o cadastro na 2ª fase de vacinação em Fortaleza

Hospitais privados alertam para falta de medicamento contra Covid-19

Os índices de ocupação nos hospitais do Munícipio começaram a apresentar aumento na primeira quinzena de fevereiro, em decorrência do disparo de casos da doença. Á época, Fortaleza chegou a ter 97,01% das UTIs destinadas para adultos ocupadas — maior número registrado desde quando a pandemia teve início no Estado, há pouco mais de um ano.

No geral, o monitoramento apresentado hoje mostra que a Capital tem 91,53% das UTIs ocupadas. Em equipamentos desse porte, utilizados para atendimentos mais graves, a ala infantil tem 77,63% de ocupação e a destinada para atendimento neonatal estão ocupadas em 37,5% .

Ainda de acordo com o levantamento, a média geral de ocupação dos leitos de enfermaria é de 89,69%. A maior ocupação é registrada na ala destinada ao atendimento de pessoas adultas- de 92.43%. Enfermaria infantil e gestante registram 75,38% e 66,67% de ocupação, respectivamente.

Confira a taxa de ocupação das unidades em Fortaleza

Rede pública

Hospital Geral Dr Waldemar Alcântara (HGWA)
UTI -92,31% (24 ocupados dos 26 disponíveis)
Enfermaria - 94, 22% (163 ocupados dos 173 disponíveis)

Hospital Geral de Fortaleza
UTI - 100% (66 ocupados dos 66 disponíveis)
Enfermaria - 97,99% (150 ocupados dos 150 disponíveis)

Hospital Infantil Albert Sabin (Hias)
UTI - 93,94% (31ocupados dos 33 disponíveis)
Enfermaria - 77,05% (47 ocupados dos 61 disponíveis)

Hospital Estadual Leonardo Da Vinci (HELV)
UTI - 91,62% (153 ocupados dos 167 disponíveis)
Enfermaria - 87.27% (96 ocupados dos 110 disponíveis)

Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ)
UTI - 100% (8 ocupados dos 8 disponíveis)
Enfermaria -92.92% (105 ocupados dos 113 disponíveis)

Rede particular

Hospital Uniclinic
UTI - 100% (30 ocupados de 30 disponíveis)
Enfermaria - 94.12 % (80 ocupados de 85 disponíveis)

Hospital São Carlos
UTI - 100% (40 ocupados de 40 disponíveis)
Enfermaria - 100% (50 ocupados de 50 disponíveis)

Casa de Saúde e Maternidade São Raimundo
UTI - 87.5% (7 ocupados de 8 disponíveis)
Enfermaria - 91.89% (34 ocupados de 37 disponíveis)

Hospital Aldeota
UTI -94.74% (36 ocupados de 38 disponíveis)
Enfermaria - 90% (18 ocupados de 20 disponíveis)

Instituto Praxis
UTI - 100% (10 ocupados de 10 disponíveis)
Enfermaria - 94.92% (56 ocupados de 59 disponíveis)

Hospital José Martiniano de Alencar
UTI - 100% (10 ocupados dos 10 disponíveis)
Enfermaria -94,44% (34 ocupados dos 36 disponíveis)