PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

São Paulo limita horário de serviços essenciais e suspende jogos de futebol e cultos

A decisão de adotar medidas mais restritivas foi tomada no momento em que o número de internações e de mortes provocadas pela Covid-19 tem batido recordes

Gabriela Almeida
14:43 | 11/03/2021
Governador anunciou medidas em coletiva (Foto: Governo de São Paulo / Divulgação)
Governador anunciou medidas em coletiva (Foto: Governo de São Paulo / Divulgação)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 11, que o Estado vai adotar medidas ainda mais restritivas que as determinadas na atual fase vermelha, na qual a Unidade Federativa se encontra há quase uma semana. O Estado entra agora na "fase roxa", que vai de 15 a 30 de março, e deixa suspensas atividades como cultos e jogos de futebol, além de limitar o horário de funcionamento de serviços considerados essenciais. Informações são do jornal Metrópoles.

A decisão de adotar medidas mais restritivas foi tomada no momento em que a rede de saúde do Estado vive um momento preocupante, com o aumento de casos de Covid-19 fazendo o número de internações e de mortes provocadas pela doença disparar constantemente- chegando a bater recordes. Dessa maneira, determinação veio como forma de frear o avanço do vírus e evitar um possível colapso no sistema de saúde.

| LEIA MAIS |

Inflação em Fortaleza avança 1,48% em fevereiro e chega a 6,55% em 12 meses

Pessoas que fizeram exame de Covid-19 relatam problemas para acessar resultados

Governo de São Paulo paralisa futebol no Estado por 15 dias

Com a determinação, os serviços essenciais, como padaria, postos de gasolina e supermercados, vão poder funcionar somente até as 20 horas. No mesmo período fica proibida a realização de atividades em igrejas, lojas de material de construção e escolas estaduais. Jogos de futebol também foram vetados, paralisando o campeonato paulista.

Todas as instituições de ensino da rede estadual só devem funcionar para realizar atividades de alimentação e distribuição de materiais. Os recesso escolar foi antecipado e deve acontecer entre 15 a 28 de março. Além disso, o governador recomendou a todos os municípios que reduzam suas atividades o "mínimo possível".