PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Com alta nas internações, Unimed Fortaleza abre mais 12 novos leitos de UTI

No Hospital de Campanha da rede, apenas dois dos 76 leitos de UTI da rede estavam disponíveis para internações na tarde desta segunda-feira

Mirla Nobre
19:41 | 08/03/2021
Unimed Fortaleza está com 400 vagas em aberto para técnicos de enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas para atuação em UTIs, Emergência e Clínica Médica. (Foto: Aurelio Alves)
Unimed Fortaleza está com 400 vagas em aberto para técnicos de enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas para atuação em UTIs, Emergência e Clínica Médica. (Foto: Aurelio Alves)

Ainda nesta segunda-feira, 8, o Hospital Regional da Unimed (HRU) em Fortaleza abrirá 12 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nas últimas 24 horas, o HRU registrou dificuldades para encontrar vagas de UTI para pacientes. No domingo, a rede tinha 699 pacientes internados pela Covid-19, hoje já são 704, cinco pacientes a mais. As informações foram divulgadas, nesta segunda-feira, pelo presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, em vídeo divulgado nas redes sociais.

De acordo com Elias, o que preocupa no momento é a quantidade de pessoas atendidas nas unidades hospitalares que compõem a rede Unimed. “Nossa capacidade de expansão vai chegando próxima do limite e as dificuldades começam a aparecer de forma mais intensa. De ontem para hoje (segunda), por exemplo, nós tivemos muita dificuldade de conseguir leitos de UTI. Alguns pacientes esperaram muito para conseguir o leito de UTI. Hoje, vamos conseguir abrir outra unidade de UTI com 12 leitos”, descreveu.

LEIA MAIS | Internações na Unimed Fortaleza já superam pico da pandemia

Em 24 horas, a Unimed Fortaleza tinha 230 pacientes internados com Covid-19 na UTI. Nesta segunda, já são 234, quatro a mais. No primeiro pico da pandemia no Estado, o hospital registrou 199 pacientes internados pela doença. Até a 0h de ontem, 262 pacientes com suspeita de Covid foram atendidos no hospital. Já do meio-dia de ontem ao meio-dia desta segunda, houve mais 35 internações pela doença. No Hospital de Campanha da rede, apenas dois dos 76 leitos de UTI da rede estavam disponíveis para internações na tarde de hoje.

Ainda segundo o presidente da cooperativa, outra dificuldade atual é a falta de profissionais para atendimento. "Nós temos que ter pessoas capacitadas para cuidar desses pacientes que estão dentro de uma UTI. Essa é uma semana que preocupa bastante a gente. Por um lado, a gente fica na torcida para que os números não extrapolem a nossa capacidade de expansão, mas por outro, a gente tem que fazer aquilo que a gente sempre fez desde o começo”, comenta.

LEIA MAIS | Com abertura de novos leitos, Unimed Fortaleza tem falta de médicos nas UTIs