PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Maracanaú não adere ao lockdown, mas segue adotando medidas como o toque de recolher

Funcionamento de setores econômicos e de demais atividades no município obedece decreto estadual publicado no último dia 26, que determina medidas como o toque de recolher, mas que não suspende serviços

Gabriela Almeida
18:42 | 05/03/2021
Cidade segue adotando limite de horário de funcionamento para serviços considerados não essenciais (Foto: Prefeitura de Maracanaú)
Cidade segue adotando limite de horário de funcionamento para serviços considerados não essenciais (Foto: Prefeitura de Maracanaú)

Ao contrário de Fortaleza, o município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, não adere ao isolamento social mais rígido nesta sexta-feira, 5. De acordo com publicação feita pela prefeitura da cidade em suas redes sociais, até o final desta semana o funcionamento de setores econômicos e de demais atividades obedece decreto estadual publicado no último dia 26 - que determina medidas como o toque de recolher, mas que não suspende serviços.

Segundo informe, segue sendo proibida a circulação de pessoas nas ruas e o trânsito de veículos entre 20h e 5h do dia seguinte na semana, e entre 19h e 5h aos sábados e aos domingos. Os moradores de Maracanaú que necessitarem se deslocar durante esse período devem apresentar justificativa quando forem abordados por agentes de segurança e fiscais municipais.

| LEIA MAIS |

Tire suas dúvidas sobre as permissões do decreto de lockdown em Fortaleza

No dia em que é anunciado lockdown em Fortaleza, Bolsonaro diz: 'No que depender de mim, nunca teremos lockdown

Como funcionam as barreiras sanitárias para entrar ou sair de Fortaleza

O comércio de rua segue funcionando de segunda a sexta-feira até as 17h. Demais atividades econômicas e as religiosas, como igrejas, até 19h. No fim de semana, os restaurantes estão autorizados a funcionar até as 15 horas e demais atividades até as 17h. Serviços considerados essenciais funcionam normalmente, sem horários restritos.

"A prefeitura de Maracanaú está avaliando o avanço da pandemia de coronavírus no município diariamente, conforme recebe os dados epidemiológicos oficiais da Secretaria da Saúde do Estado. Paralelamente, monitora a ocupação dos leitos para Covid-19 na rede pública e privada da Cidade. Por enquanto, não há previsão de lockdown no município", informou a prefeitura.

A cidade de Maracanaú tinha, até as 15h03min desta sexta, 96,55% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pacientes que contraíram o vírus, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), publicados na plataforma IntegraSUS. Na ala de enfermaria, a ocupação no mesmo período estava em 85,61%.

Confira publicação: