PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Aglomeração e tráfego irregular estão entre as principais ocorrências flagradas no fim de semana

De 8 e 14 de junho, 1.891 ações de monitoramento, dispersão de aglomerações, abordagens a estabelecimentos e ordenamento de filas foram realizadas em Fortaleza

14:46 | 15/06/2020
Agentes da Agefis realizam fiscalização nas ruas do Centro (Foto: Fabio Lima)
Agentes da Agefis realizam fiscalização nas ruas do Centro (Foto: Fabio Lima)

 Atualizada às 17h44min

Neste último fim de semana 43 ações de monitoramento, dispersão de aglomerações e abordagens relacionadas à quebra do isolamento social foram flagradas entre os dias 13 e 14 deste mês pela Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). Balanço apresentado pelo órgão na tarde desta segunda-feira, indica oito flagrantes de poluição sonora com apreensões de paredões de som e de outras situações de aglomeração de pessoas, além de irregularidades envolvendo tráfego de veículo, carro de som e poluição sonora em via pública.

Na orla da Capital, aglomerações foram dispersadas na Avenida Beira Mar, entre Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema. Pontos com registros de aglomeração também foram dispersados nos bairros Centro, José Walter, Planalto Ayrton Senna, Fátima Bonsuceso. Durante o fim de semana, um estabelecimento que registrou aglomeração foi fechado e na Messejana, uma feira livre foi encerrada. Segundo a Agefis, filas foram ordenadas no entorno dos galpões da Rua José Avelino. no Centro.

Domingo

Nas dunas do Parque Municipal da Sabiaguaba, 10 veículos foram flagrados trafegando irregularmente e todos os condutores foram autuados. A multa vai de R$ 303,75 a R$ 4.050 para pessoa física. Agefis destaca que a prática é considerada degradação ambiental, de acordo com o Plano de Manejo da Sabiaguaba. Ação é tipificada como infração gravíssima pelo Código da Cidade (Lei Complementar Nº 270/2019).

Um carro com paredão de som também foi flagrado no local. O equipamento sonoro foi apreendido e multa aplicada. Conforme Agefis, 17 veículos foram autuados em duas semanas só nessa área. Além dos agentes da Agefis, participaram das fiscalizações Grupo de Operações Especiais (GOE), Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam) da Guarda Municipal de Fortaleza e Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Três flagrantes de poluição sonora em via pública foram realizados durante a madrugada, sendo dois veículos na Barra do Ceará e um no Quintino Cunha. Foram flagrados também veículos com paredão em via pública nos bairros Vila Velha (2), Planalto Ayrton Senna (1) e Bonsucesso (1) Equipamentos também foram apreendidos e condutores multados.

Sábado

No plantão noturno do sábado, um caso de poluição sonora foi identificado no bairro Vila Velha, às 23 horas. O paredão de som foi apreendido e o condutor recebeu multa de R$ 1.346,93. No mesmo bairro, equipe do Grupamento Tático Motorizado (GTAM) da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) dispersou aglomeração de festa com cerca de 50 pessoas. Equipamento de som também foi apreendido.

A festa ocorria em um imóvel no Centro da cidade e foi encerrada pelos agentes de segurança. No bairro Parque Iracema, um estabelecimento foi autuado por funcionar com lava-jato e bar com churrasqueira, serviços potencialmente poluidores, sem licença ambiental, além de provocar aglomeração.

Semana 

De 8 e 14 de junho, 1.891 ações de monitoramento, dispersão de aglomerações, abordagens a estabelecimentos e ordenamento de filas foram realizadas em Fortaleza. Até sábado, 13, foram atendidas ocorrências do tipo em 340 pontos da cidade. Na semana, 82 aglomerações foram dispersadas em feiras.

O mês

Entre os dias 1 e 14 de junho, a Agefis teve 16 ações em shoppings, encerrou 19 feiras de rua e fechou 198 estabelecimentos por descumprimento do decreto de isolamento social. Foram fiscalizados 17 estabelecimentos (11 restaurantes, duas clínicas médicas, três odontológicas e um supermercado). Entre maio e junho, mais de 1.867 ações de monitoramento foram realizadas pela Agefis.