PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Fiscalização mais "intensificada e contundente" do isolamento social em Fortaleza será avaliada

Reunião entre Prefeitura de Fortaleza e Governo do Estado, junto a órgãos fiscalizatórios e de segurança, ocorreu na tarde desta quinta-feira, 21

Matheus Facundo
19:38 | 21/05/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 21.05.2020: Agentes de segurança fazem fiscalização para coibir a abertura de lojas no centro da cidade em dia que decreto de Lockdown foi prorrogado. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FÁBIO LIMA)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 21.05.2020: Agentes de segurança fazem fiscalização para coibir a abertura de lojas no centro da cidade em dia que decreto de Lockdown foi prorrogado. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FÁBIO LIMA)

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), anunciou na noite desta quinta-feira, 21 — primeiro dia de validade da prorrogação do isolamento social —, que está em discussão plano de fiscalização "mais intensificado, contundente e diversificado" de cumprimento das medidas rígidas na Capital. Lockdown segue até o dia 31 de maio em Fortaleza e já está sendo adotado em outros municípios, para conter a disseminação do novo coronavírus.

A possibilidade do novo modelo de fiscalização foi discutida em reunião entre o prefeito, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), órgãos de segurança pública do Estado e Município, além de entidades fiscalizatórias na tarde desta quinta-feira. Informações foram divulgadas por RC em live no Facebook.

"Recebemos muitos pedidos para fiscalizar aglomerações na cidade e estamos discutindo uma nova forma, mais intensificada, contundente e diversificada de fiscalizar para garantir que o isolamento social rígido possa ser efetivamente mais cumprido", explicou Roberto Cláudio, sem dar detalhes.

O prefeito ponderou a possibilidade da diminuição da curva de contaminação da Covid-19 como resultado do cumprimento do isolamento rígido, prorrogado nessa quarta-feira. "Com isso, vamos conseguir segurar a curva de casos. Tudo isso vai depender do comportamento de todos nós. A fiscalização tem um propósito que não é multar, causar pânico e trazer medo. É um propósito de criar consciência e despertar cidadania", ponderou o chefe do Executivo Municipal.

Assistência à saúde

Na live, Roberto Cláudio ressaltou as ações tomadas para incrementar a assistência à saúde primária como estratégia de diagnosticar mais casos de coronavírus e estabelecer novos protocolos. De acordo com o prefeito, desde março 155 novos médicos reforçaram o quadro do Programa Saúde da Família nos postos de saúde da Capital.

Além disso, ele citou novos protocolos, equipamentos, fortalecimento em laboratórios e a busca ativa de pacientes para identificar pacientes com Covid-19 precocemente. "Agentes comunitários de saúde já visitaram mais de 18 mil pacientes de grupo de risco em casa, fazendo a busca ativa de casos. Agentes de endemia e mobilizadores já visitaram aproximadamente outros 2 mil", afirma.

Coronavírus no Ceará

O Ceará teve o maior número de mortes computadas por Covid-19 em 24 horas desde o início da pandemia do novo coronavírus. Foram 261 novas mortes contabilizadas. Até esta quinta-feira, 21 de maio (21/05), já são 2.161 mortes causadas por Covid-19. As novas mortes consideram a data de notificação e não o dia em que ocorreram.

O Estado tem 853 novos casos confirmados da doença. O acumulado soma 31.413 casos confirmados. Há ainda 18.258 pessoas que se recuperaram. Os números foram atualizados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), às 18h17min desta quinta-feira.

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >