Participamos do

Kanye West: juiz aprova mudança do nome completo do rapper para Ye

O rapper Kanye West mudou seu nome completo apenas para Ye, sem nome do meio ou sobrenome, após aprovação de um juiz de Los Angeles hoje, segunda-feira, 18. O artista alegou "motivos pessoais" para o novo nome
21:02 | Out. 18, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O rapper Kanye West mudou seu nome completo apenas para Ye, sem nome do meio ou sobrenome, após aprovação de um juiz de Los Angeles, EUA, hoje, segunda-feira, 18. Na abertura do pedido legal de alteração, em agosto, o artista alegou “motivos pessoais” para o novo nome.

Além de ser o título de um dos discos do artista, lançado em 2018, Ye é seu nome das redes sociais há anos. Em entrevistas, ele já afirmou ser uma abreviação de seu nome original, Kanye, e também uma palavra usada na Bíblia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ye lançou álbum 'Donda'

Ye lançou o disco “Donda” no fim do último mês de agosto, com um atraso de várias semanas. O álbum, de duas horas de duração e 27 faixas, inclui uma longa lista de convidados especiais, entre eles Jay-Z, The Weeknd, Travis Scott e Lil Baby.

Também se destaca a presença, mais controversa, de Marilyn Manson, que é acusado de estupro e abuso sexual e psicológico por várias mulheres, e de DaBaby, que recentemente fez comentários homofóbicos em uma apresentação.

O disco, que aborda temas religiosos e a vida pessoal agitada de Ye, mudou dramaticamente no mês passado durante as sessões de audição realizadas em Atlanta, Las Vegas e Chicago.

Também participou da sessão Kim Kardashian, que pediu divórcio de Ye este ano, pondo fim a uma união de quase uma década. Em Chicago, Kardashian alimentou as especulações de uma volta do casal, depois de aparecer com um vestido branco e um véu, embora, segundo vários relatos, se tratasse de um espetáculo puramente metafórico.

"Donda", que leva o nome da falecida mãe do rapper, se segue a "Jesus Is King", ganhador do Grammy de melhor álbum de música cristã em 2019.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags