Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Com "Quer Voar", cearense Matuê estreia em parada global da Billboard

O artista cearense é um dos maiores nomes do trap nacional e tem conseguido feitos inéditos na música nacional
11:28 | Ago. 26, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após um ano do álbum que quebrou o recorde de maior estreia na história do streaming brasileiro, Matuê retorna com o single "Quer Voar". A faixa foi lançada em meio a polêmicas, devido uma estratégia de marketing envolvendo doação de sangue, mas que não foi bem recebida pelo público. Mesmo assim, a música foi destaque no Spotify Global e estreou na parada da Billboard, um dos maiores rankings da música mundial. 

Aos 27 anos, Matuê é destaque do trap brasileiro, com mais de 4.8 milhões de ouvintes mensais, além de milhões de visualizações em seus clipes no YouTube, como "Anos Luz" (147 milhões), "Kenny G" (182 milhões), "M4" (104 milhões) e "A Morte do Autotune" (93 milhões). Na Billboard, o artista alcançou a 75º posição da lista "Billboard Global Excl. U.S", que reúne dados em todos os territórios fora dos Estados Unidos.

O clipe envolve sangue, uma espécie de vampiro e testes científicos. Aliás, antes de lançar a nova faixa, o cantor havia anunciado que estava vendendo um colar com seu próprio sangue "em troca da alma dos fãs". Tudo não passava de uma estratégia de marketing, mas o público teve uma reação negativa, resultando em ataques ao cantor.

A ideia era coletar dados para incentivar a doação de sangue por meio da falsa venda do colar. "Ninguém ia perder alma nenhuma, só ia receber um e-mail da hora promovendo a doação nesse momento de Covid onde as doações estão em baixa", afirmou o artista.

O cantor recebeu diversas críticas e chegou a desabafar nas redes sociais sobre o assunto. “Essa perseguição toda me debilitou muito, vai fazer um mês que vou e volto de médico e hospital, meu corpo dói muito, quando eu acordo de amanhã é uma tarefa quase impossível me levantar, desenvolvi vários quadros que nenhum médico consegue explicar. Minha saúde tá péssima", disse.

Apesar das críticas, a campanha teve bons resultados: em poucos dias foram arrecadados milhares de cadastros de fãs interessados em “vender” suas almas em troca dos Colares de Sangue.

Confira o clipe de "Quer Voar":

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Beatles em 3021: Projeto preserva discografia da banda e de outros artistas

Preservação
19:24 | Ago. 19, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Como estará o mundo em 3021? Talvez seja impossível prever com certeza o próximo milênio - e a maioria dos cenários também não é positiva. Mas a Elire Management Group já fez planos até esse período: a empresa projetou um cofre que poderá guardar a discografia dos Beatles e de outros artistas que marcaram gerações.

De acordo com informações divulgadas pela revista Billboard, o objetivo é enterrar o objeto a 300 metros abaixo da superfície de uma montanha de neve no Polo Norte. Muitas tecnologias serão utilizadas para que os conteúdos fiquem à prova de explosões nucleares e de mais interferências.

“Queremos preservar a música que nos moldou como seres humanos e moldou nossas nações”, disse Luke Jenkinson, diretor do Global Music Vault e sócio da Elire, que está financiando o projeto.

O trabalho será feito em parceria com o Conselho Internacional de Música, órgão consultivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Juntos, um comitê de especialistas escolherá as músicas mais importantes de vários países.

Os primeiros depósitos do cofre, previstos para serem colocados na primavera 2022, focarão em preservar as produções indígenas. Em fases futuras, haverá canções pop e de gêneros diversos, que apenas poderão ser inseridas com permissão de direitos autorais.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Quanto vale seu sangue?

14:22 | Ago. 17, 2021
Autor Wanderson Trindade
Foto do autor
Wanderson Trindade Autor
Tipo Notícia

Matuê lança o single "Quer Voar" nesta terça-feira, 10

lANÇAMENTO
21:16 | Ago. 10, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Quase um ano após o sucesso do álbum de estreia “Máquina do Tempo”, o rapper cearense Matuê retorna com o single “Quer Voar”. Canção foi lançada nesta terça-feira, 10, em todas as plataformas de streaming de música.

Além disso, também realizou o “Quer Voar Experience”, evento on-line e ao vivo transmitido em seu canal do Youtube. Essa tinha sido a primeira apresentação em formato de live que o cantor havia realizado desde o início da pandemia.

Para a divulgação de suas próximas produções, o artista divulgou uma ação que consistia na venda de um colar com seu próprio sangue em troca da “alma dos fãs”. A estratégia não iria acontecer de verdade e tinha o objetivo de incentivar a doação de sangue, mas dividiu opiniões nas redes sociais.

“Essa perseguição toda me debilitou muito, vai fazer um mês que vou e volto de médico e hospital, meu corpo dói muito, quando eu acordo de amanhã é um tarefa quase impossível me levantar, desenvolvi vários quadros que nenhum médico consegue explicar. Minha saúde tá péssima”, desabafou.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Entenda a polêmica: Matuê anuncia venda de colar com o próprio sangue

ódio na internet
13:07 | Ago. 09, 2021
Autor
Tipo Notícia

Matuê usou as redes sociais para desabafar sobre os ataques que tem recebido. Tudo começou quando o cantor anunciou que estava vendendo um colar com seu próprio sangue "em troca da alma dos fãs". Tudo não passava de uma estratégia de marketing, mas o público teve uma reação negativa, resultando em ataques ao cantor.

A ideia era coletar dados para incentivar a doação de sangue por meio da falsa venda do colar. "Ninguém ia perder alma nenhuma, só ia receber um e-mail da hora promovendo a doação nesse momento de Covid onde as doações estão em baixa", afirmou o artista.

“Essa perseguição toda me debilitou muito, vai fazer um mês que vou e volto de médico e hospital, meu corpo dói muito, quando eu acordo de amanhã é um tarefa quase impossível me levantar, desenvolvi vários quadros que nenhum médico consegue explicar. Minha saúde tá péssima“, desabafou.

Leia também | Presidente da Universal Music Brasil é acusado de cárcere privado por ex-esposa

"Pode me criticar à vontade eu não faço isso pela aceitação de ninguém, mas ficar mandando mensagem mandando eu me matar e comentário homofóbico, vocês não vai arrumar nada só um belo de um processo, tá tudo guardado já", disse.

Matuê afirmou que pretende passar um tempo afastado das redes sociais após as críticas. “Vou fazer esse lançamentos que já estão pronto e tchau por um tempo, ninguém é obrigado a passar por isso eu não desejaria o que tô passando nem pro meu pior inimigo“

O artista ainda disse que internautas estão acusando ele de fazer marketing novamente com os desabafos sobre a perseguição que tem sofrido. “Eu nunca falei sobre isso nunca mostrei minhas fraquezas, sempre tentei motiva a galera no positivo pra mostrar que eles podem também ser grandes. Mas eu tô 3 anos passando veneno em off, uma hora a bolha explode“, falou.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags