PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Rapper processa Childish Gambino por suposto plágio de "This Is America"

Em 2019, "This Is America" se tornou a primeira música rap a ganhar um Grammy de Música do Ano e Melhor Gravação. A obra é repleta de críticas sociais

00:00 | 08/05/2021
Aclamado pela crítica, This is América traz debate sobre racismo (Reprodução / Youtube) (Foto: (Reprodução / Youtube))
Aclamado pela crítica, This is América traz debate sobre racismo (Reprodução / Youtube) (Foto: (Reprodução / Youtube))

O rapper Kidd Wes processou o artista Childish Gambino por suposta violação de direitos autorais. Ele afirma que o sucesso "This Is America", vencedor de dois Grammy, é de sua autoria.

De acordo com documentos do tribunal federal dos Estados Unidos, o rapper Emelike Nwosuocha, conhecido pelo nome artístico de Kidd Wes, garante que a famosa música editada em 2018 por Donald Glover - cujo alter ego é Childish Gambino - é "claramente semelhante" a uma música que ele lançou dois anos antes no plataforma Soundcloud.

Leia também | Projeto Pôr do Sol ganha edição na Barra do Ceará neste domingo, 9

A ação movida em Nova York argumenta sobre "a quase idêntica identidade rítmica, lírica e temática de composição, e o conteúdo de interpretação em partes do refrão - ou 'gancho' - que são os elementos centrais de ambas as canções".

Em 2019, "This Is America" se tornou a primeira canção de rap a ganhar um Grammy de "Música do Ano" e "Melhor Gravação". A obra é repleta de críticas sociais e combina um ritmo acelerado com hinos de igreja e Afrobeats.

Leia também | Com Mateus Fazeno Rock, Cineteatro São Luiz estreia programação sobre música

Nwosuocha garante que sua música e a de Gambino são "inconfundivelmente, substancialmente, semelhantes, quando não praticamente idênticas". O autor também citou um musicólogo contratado para comparar as duas, que considerou que as "semelhanças no contorno melódico (...) e nas falas em 'Made in America' e 'This is America' provavelmente não são uma coincidência".

Nwosuocha pretende ser indenizado, de forma que contemple a sua perda de benefícios e oportunidades. Entre os acusados do processo figuram a gravadora de Gambino, a RCA, assim como Roc Nation e o rapper Young Thug, que aparece como compositor e faz backing vocals. Gambino não respondeu às alegações publicamente.

Leia também | Após o BBB 21: Karol Conká aumenta mais de 900% em streams na Deezer

Em 2018, um blogueiro já havia escrito sobre a semelhança entre "This Is America" e uma música do rapper Jase Harley chamada "American Pharaoh". Harley não tomou medidas legais, e o empresário de Gambino rejeitou as acusações de plágio com o fundamento de que existiam arquivos de computador de 2015 que provavam que a música de Gambino era original.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.