MP abre ação contra servidores de Maracanaú por suspeita de fraude em seleção pública

MPCE ingressa com ação por improbidade administrativa contra o atual secretário de Juventude e Lazer de Maracanaú e servidores suspeitos de fraudar seleção pública

O Ministério Público do Ceará (MPCE) entrou com ação por ato de improbidade administrativa contra o atual secretário de Juventude e Lazer de Maracanaú (Sejuv), Nailton Marques, e outros quatro servidores, por indícios de esquema de fraude durante uma seleção pública realizada em 2019.

Segundo o MP, durante o processo seletivo foram encontrados diversos "indícios de irregularidades que beneficiaram candidatos com ligação prévia com a Prefeitura". Os quatro servidores integravam a comissão avaliadora e o então secretário executivo, publicou o edital e estendeu a etapa de entrevista.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os cinco tornaram-se alvo da ação devido à “postura considerada antijurídica, omissão dolosa e ação dolosa, além de infração aos princípios da publicidade, transparência, igualdade e isonomia do processo seletivo”, destaca o MP em publicação.

O órgão requer ainda que os cinco envolvidos apresentem contestação em até 30 dias, e sugere aplicação de multa no valor de 24 vezes a remuneração de cada servidor.

O POVO entrou em contato com a Prefeitura de Maracanaú para pedir um posicionamento sobre a ação movida contra servidores do município. Em resposta, a Prefeitura "esclarece que está tomando conhecimento da ação através da imprensa, sem ter acessado aos autos para maiores esclarecimentos. Contudo, acredita na lisura e legalidade de todos atos administrativos, inclusive da seleção pública, questionada pelo Ministério Público, que foi realizada em 2019. A administração pública analisará os fatos e circunstâncias da ação, em momento oportuno, porém confia na probidade de seus servidores".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Maracanaú MPCE suspeita de fraude seleçao publica

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar