Participamos do

Tribunal escolhe listas tríplices para Camilo indicar novos desembargadores do Ceará

Os nomes serão encaminhados ao governador Camilo Santana, que faz a indicação dos dois escolhidos para ocupar as vagas
11:27 | Mar. 24, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) definiu as duas listas tríplices de advogados entre os quais serão escolhidos dois novos desembargadores do Ceará, pelo critério do quinto constitucional.

Os advogados André Luiz de Souza CostaJosé Feliciano de Carvalho JúniorRosa Maria Felipe Araújo foram os advogados escolhidos para a primeira lista tríplice que concorre a vaga de desembargador.

A segunda lista tríplice é composta por Everardo Lucena Segundo, José Inácio Linhares e Maria Darlene Braga Araújo Monteiro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

As listas serão encaminhadas ao governador Camilo Santana (PT), que indicará dois nomes para compor o TJCE. 

Na primeira lista, André Costa teve 36 votos. José Feliciano teve 25 votos. Rosa Araújo foi votada por 23 magistrados.

Na segunda lista, Everardo Lucena teve 41 votos. José Inácio Linhares recebeu 37 votos. Maria Darlene Braga Araújo Monteiro, 30 votos.

Os outros nomes que concorriam à primeira lista eram: Marcus de Paula Pessoa (19 votos), Moacir Augusto Meyer de Albuquerque (17 votos) e Bievenido Sandro Andrade Fiúza (sem votos).

Os demais nomes da segunda lista eram: Wyllerson Matias Alves Lima (8 votos), Kennedy Ferreira Lima (4 votos) e Melissa Pereira Guará (3 votos). 

O TJCE definiu nesta quinta-feira, 24, as duas listas tríplices com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE) para preenchimento de duas vagas de desembargador, previstas no chamado quinto constitucional.

Inicialmente composta por seis membros cada uma, somando 12 nomes, as duas listas serão reduzidas a seis nomes, juntas, e, em seguida, encaminhadas ao governador Camilo Santana (PT), que faz a indicação dos dois escolhidos para ocupar as vagas.

Camilo deve concluir a escolha até o fim de março, pois deverá deixar o governo em 2 de abril para concorrer a vaga no Senado.

Ao todo, dez vagas terão sido preenchidas ao final do processo de ampliação e eleição dos novos membros do Judiciário – oito da magistratura e duas da advocacia. O incremento atende a projeto de lei proposto pelo TJ-CE e aprovado pela Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) no ano passado.

A votação e escolha é aberta, feita por cada um dos 43 desembargadores, em sessão transmitida ao vivo pelos canais do TJ-CE nas redes sociais.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar