Participamos do

Lula elogia Dilma e defende legado do PT durante aniversário da sigla

O ex-presidente sinalizou que a legenda pode ter cometido erros no passado, mas reforçou que os acertos foram maiores. Declaração ocorreu durante evento de comemoração dos 42 anos do PT, nesta semana
16:22 | Fev. 11, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) elogiou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) durante o evento de comemoração dos 42 anos do PT, nesta semana, e negou que tenha atritos com a correligionária. Lula também admitiu a possibilidade de o PT ter cometido erros no passado, mas defendeu que o legado do partido foi e ainda é maior.

“Nem sempre conseguimos ser razoáveis. Nem sempre fizemos as coisas certas, nem sempre nós conseguimos fazer tudo o que queríamos, mas, certamente, eu acho que o nosso legado é muito mais importante do que qualquer erro que a gente possa ter”, afirmou sobre a gestão do partido que governou o País por cerca de uma década e meia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sobre Dilma, o ex-presidente disse: “Eu acho que poucas vezes nesse país houve uma mulher da qualidade moral, ética e competência técnica da Dilma. E a Dilma é uma das grandes injustiçadas que a elite resolveu escolher, com todas as críticas possíveis, para poder criminalizar o PT”, pontuou em referência ao impeachment de Dilma em 2016.

Dilma não participou do evento, mas gravou um vídeo em alusão à data. Ela colocou-se como vítima durante seu impeachment e fez um alerta para as eleições deste ano. “Tentarão reacender o antipetismo, usarão de maneira massacrante as redes sociais, de maneira ainda mais intensa do que fizeram nas eleições de 2018 e 2020”, afirmou, acrescentando que apesar disso, tem certeza de que “nós venceremos”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente