Participamos do

Assembeia aprova gratificação de 33% para secretários escolares e assessores financeiros

A proposta foi anunciada no final de janeiro pelo governador Camilo Santana, durante live semanal realizada em suas redes sociais.
14:19 | Fev. 09, 2022
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) aprovou, nesta quarta-feira, 9, o projeto de lei do Poder Executivo que prevê a criação de uma gratificação 33% para assessores financeiros e secretários escolares da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc). A proposta foi anunciada no final de janeiro pelo governador Camilo Santana (PT), durante live semanal realizada em suas redes sociais. 

A mensagem foi proposta no projeto de lei 07/2022 que dispõe sobre a extinção de 1.472 cargos comissionados e a criação de 1.811. De acordo com o líder do governo, Dep. Júlio César Filho (Cidadania), os parlamentares trabalharam para dar celeridade ao PL a fim de reconhecer o trabalho realizado pela categoria. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"O objetivo é ampliar o quadro de professores nas escolas e Centros Cearenses de Idiomas (CCI). É mais um investimento na área da educação no estado para aumentar o quadro de pessoal da área de ensino e garantir um atendimento pedagógico de excelência e qualidade", ressaltou o parlamentar.

A proposta foi enviada aos deputados na mesma semana em que foi estipulado o novo Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica (PSPN). Com o reajuste de 33,24% anunciado no dia 27 de janeiro pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, o piso para 2022 será de R$ 3.845,63. Na tarde de ontem, o governo estadual anunciou uma proposta de correção para o professores da rede estadual de ensino, de 33,34%, acima do nacional. 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags