Participamos do

Lula afirma que Covid pode ter causado "sequelas" no cérebro de Ciro

O ex-presidente respondeu a acusações do ex-ministro de que teria atuado pelo impeachment de Dilma Rousseff
18:45 | Out. 14, 2021
Autor Rose Serafim
Foto do autor
Rose Serafim Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A briga entre o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que teve o Twitter como palco, desde quarta-feira, 13, ganhou nesta quinta a participação de Lula (PT). O ex-presidente rebateu as acusações de Gomes de que teria atuado pelo impeachment da correligionária, dizendo que as falas foram grosseiras e devem ser “sequelas” de Covid-19.

“Eu não vou falar do Ciro. O que ele fez foi tão banal, foi tão grosseiro, que às vezes eu fico pensando, como Jesus Cristo na cruz dizia: ‘Pai, perdoai os ignorantes, eles não sabem o que fazem'”, disse o petista.

"Eu às vezes fico pensando, não sei se o Ciro teve Covid ou não, mas me disseram que quem tem Covid tem problemas de sequelas, alguns têm problema no cérebro, de esquecimento, eu não sei”, sugeriu Luiz Inácio em entrevista à Rádio Grande FM, do Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira, 14.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O bate-boca começou depois que Ciro deu entrevista ao Estadão afirmando que Lula teria agido pelo afastamento de Dilma, argumentando proximidade do líder petista com políticos que tiveram participação no processo.

A ex-presidente respondeu o pedetista nas redes sociais e os dois iniciaram uma discussão pelo Twitter que culminou em Dilma dizendo que se arrependia de ter sido amiga de Ciro, a quem classificou de misógino, e o também ex-governador do Ceará taxando a economista de incompetente.

Na conversa desta quinta, Lula disse lamentar as falas de Gomes e afirmou não saber aonde o político radicado no Ceará pretende chegar com o comportamento. “Eu só não sei o que ele está querendo, mas quem planta vento colhe tempestade”, ressaltou o presidenciável.

Ciro Gomes, por sua vez, lançou um vídeo nas redes sociais reforçando que tem convicção de que Lula foi um dos principais responsáveis pelo impeachment de Dilma. Nele, o presidenciável pedetista afirma que o petista provocou o desfecho do governo da correligionária quando colocou corruptos no governo petista e escolheu Michel Temer (MDB) para a chapa da ex-presidente, dentre outros pontos.

Confira o vídeo:

“Eu tenho ou não razão de dizer que Lula foi um dos maiores responsáveis pela desestabilização de Dilma? Que ele (Lula) ajudou a queda da sua ex-protegida por egoísmo, imprudência e uma sequência indesculpável de movimentos erráticos?”, questiona Ciro.

Na sequência, Gomes se corrige e diz não ter se arrependido de ter lutado contra o afastamento da ex-presidente petista, como afirmou em tuíte nesta quarta-feira. “Nunca me arrependerei de defender a democracia”, justificou. Ele também alega que os líderes políticos petistas só reagiram “violentamente” contra ele porque o ex-ministro tocou em duas “feridas” do partido: “a corrupção do governo Lula e a incompetência do governo Dilma”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags