Participamos do

A um ano das eleições, Evandro Leitão reforça presença no interior com projeto da AL

O deputado é um dos cotado para sucessão do governador Camilo Santana (PT) e retoma, a partir desta quinta-feira, 30, uma série de visitas aos municípios do interior cearense
15:19 | Set. 30, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Repórter de Política
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará realizou, na manhã desta quinta-feira, 30, na Câmara Municipal de Itapipoca, a sessão ordinária itinerante. Em seu pronunciamento, o presidente da Casa, Evandro Leitão, avaliou que o Assembleia Itinerante, previsto no regimento da Casa, tem como método aproximar a população do parlamento cearense. 

“É com muita satisfação que retomamos as ações no interior do Estado, com a primeira Assembleia Itinerante, após a pandemia da Covid-19. Ainda precisamos tomar todos os cuidados necessários, como o uso de máscara e do álcool em gel, mas, graças a Deus, podemos começar a nos reencontrar”, disse o deputado, ressaltando que a visita respeitou todos os cuidados sanitários  em decorrência da pandemia. 

Na Câmara de Itapipoca, estiveram presentes nomes pedetistas e petistas, entre eles, os deputados Guilherme Sampaio, Tin Gomes, Acrísio Sena, Salmito Filho, Romeu Aldigueri, entre outros. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Nos bastidores, o pedetista é um dos nomes cotados para disputar o Palácio da Abolição em 2022. As visitas reforçam a presença do parlamentar com a população do interior. Como trouxe O POVO, a primeira rodada de encontros do PDT, em setembro, apresentou, além de Leitão, a vice-governadora Izolda Cela, o secretário Mauro Filho (Planejamento e Gestão) e o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio como possíveis candidatos para a sucessão do governador Camilo Santana (PT). 

LEIA MAIS l André Figueiredo afirma que PDT não tem candidato natural para sucessão de Camilo

Na tarde desta quarta-feira, 29, o presidente da AL visitou a Praça da Igreja Matriz do município, onde desde a última terça-feira, 28, ocorrem feira de serviços para a população, palestras, além do Festival de Arte e Cultura da Assembleia Itinerante. Ainda em 2021, outras visitas serão realizadas em outras regiões do Estado, “para ofertar esses serviços e estimular a retomada da economia, da geração de emprego, dos debates importantes para a sociedade e divulgação das ações do Parlamento estadual”, afirma Evandro. 

Da mesma forma, a oposição no Ceará também já se articula para a disputa eleitoral. Nesta terça, uma fusão entre DEM e PSL resultou no partido União Brasil, cujo número é 44. A formação desafio a ala governista, já que, atualmente, parlamentares cearenses do DEM ainda estão em aliança com o governador Camilo Santana (PT) e com o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), grupo político liderado por Ciro e Cid Gomes. Enquanto isso, o PSL era ligado ao presidente Jair Bolsonaro. 

No Ceará, a nova sigla da oposição será comandada pelo deputado federal Capitão Wagner, hoje no Pros e pré-candidato ao Palácio da Abolição em 2022. A legenda terá a maior bancada da Câmara dos Deputados, com 81 deputados federais, superando os 53 assentos ocupados pelo PT. A consequência direta disso é a maior fatia do fundo partidário.

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags