Participamos do

Eleições 2020 em São Luís: Braide conquista 55,53% dos votos e é eleito prefeito

Confira a apuração do resultado dos votos de domingo, 29 de novembro (29/11), do segundo turno das eleições municipais de 2020 para prefeitura de São Luís, no Maranhão
07:00 | Nov. 29, 2020
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Eduardo Braide (Podemos) foi eleito prefeito de São Luís, capital do Maranhão, após conquistar 270.557 mil votos. O resultado da apuração equivale a 55,53% dos votos válidos. Eduardo disputou o segundo turno das eleições municipais de 2020 com Duarte Júnior (Republicanos).

Apuração

 

Com 95,56% das apurações, Eduardo Braide (Pode) está na frente da corrida pela prefeitura em São Luís. O candidato do Pode conquistou 55,87% (260.886 votos) enquanto seu oponente Duarte (Republicanos) alcançou 44,13% (206.029). 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Os dados sobre o resultado da apuração do segundo turno para prefeito em São Luís, no Maranhão, foram atualizados a partir da divulgação da contagem dos votos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contabilizados a partir das 17h de domingo, 29 de novembro (29/11). Mais informações sobre o processo eleitoral em São Luís foram divulgadas neste mesmo link ao longo do dia.

A disputa pela gestão municipal neste domingo será entre os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos). No domingo, 15, durante a primeira etapa das eleições municipais de 2020, Eduardo recebeu 193.578 votos, o equivalente a 37,81% dos votos válidos, contra 113.430 votos recebidos por Manuela, que acumulou 22,15% das indicações para assumir a prefeitura da capital do Maranhão, São Luís.

 

SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES 2020

No Brasil, 18 capitais terão de definir seus respectivos futuros gestores municipais no domingo, 29. Além delas, outras 39 cidades brasileiras também devem vivenciar um segundo turno. A região Nordeste é a que tem a maior quantidade de capitais que irão realizar a segunda rodada de votação, sendo sete cidades.

Em sequência, aparecem a região Norte com cinco capitais, região sudeste serão três capitais. Duas capitais presentem no Centro-Oeste terão segundo turno, enquanto na região sul, apenas Porto Alegre deverá definir os ocupantes da prefeitura neste domingo.

LEIA MAIS | Resultado de pesquisas para segundo turno das eleições 2020 no Brasil

Os eleitores que por algum motivo não votaram no primeiro turno, já tendo justificado a ausência ou não, podem votar normalmente neste domingo caso seu município tenha uma segunda rodada de votação. O funcionamento da votação será igual ao do primeiro turno, com uso obrigatório de máscara, bem como higienização obrigatória das mãos antes e depois de usar as urnas. Além disso, das 7h às 10h, pede-se que preferencialmente compareçam aos locais de votação apenas integrantes do grupo de risco para Covid-19.

MAIS SOBRE ELEIÇÕES 2020

>> TSE esclarece que não cobra multa indevida pelo uso do e-Titulo
>> Eleições 2020: entenda o que é um empate técnico nas pesquisas
>> Entenda o que são margem de erro e intervalo de confiança nas pesquisas
>> Saiba como justificar ausência pelo aplicativo de celular E-Título

ADAPTAÇÕES NO PROCESSO ELEITORAL DE 2020

Diante da pandemia do novo coronavírus, o processo eleitoral no Ceará passou por algumas mudanças, como a expansão do horário de votação, além do acréscimo de uma série de normas e protocolos de segurança, obrigatórios na ida às urnas. Além disso, em virtude do novo vírus, o candidato eleitoral de 2020 precisou ser alterado ainda em julho, por conta da crise gerada pela Covid-19.

Apesar das alterações, todo cidadão brasileiro alfabetizado, maior de 18 anos e legalmente capaz é obrigado a votar. O voto é facultativo para os eleitores analfabetos, os maiores de 70 anos, e os que têm entre 16 e 18 anos.

LEIA MAIS | O que acontece se o eleitor não votar? Saiba como justificar ausência

Aqueles que não compareceram às urnas neste domingo devem justificar a ausência dentro do prazo estimado pela Justiça eleitoral, caso contrário ficará impossibilitado de emitir passaporte e carteira de identidade entre outras coisas. Se o eleitor também não compareceu no primeiro turno, será necessário realizar duas justificações de ausência, uma para cada dia de votação.

SAIBA MAIS SOBRE AS ELEIÇÕES 2020

>> TSE alerta sobre mensagens falsas de anulação das eleições
>> Eleições 2020: 6,3 mil mulheres recebem um ou zero voto na eleição
>> Descubra quem é favorito nas maiores cidades do Ceará e em capitais pelo Brasil

>> ACOMPANHE AQUI A COBERTURA POLÍTICA FEITA PELO O POVO

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar