PUBLICIDADE
Política
Noticia

Eleições em São Paulo: Bruno Covas e Guilherme Boulos vão para o 2º turno

Confira a apuração do resultado dos votos de hoje, domingo, 15 de novembro (15/11), das eleições municipais de 2020 para Prefeitura de São Paulo, capital do estado de São Paulo

22:22 | 15/11/2020
Acompanhe a apuração das eleições para prefeito em Fortaleza; Veja quem está na frente (Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE)
Acompanhe a apuração das eleições para prefeito em Fortaleza; Veja quem está na frente (Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE)

Com 100% das urnas apuradas em São Paulo, Bruno Covas (PSDB) terminou o primeiro turno na liderança, com 32,85% (1.754.013 votos) seguido por Guilherme Boulos (Psol), que tem 20,24% (1.080.736 ). Márcio França (PSB) aparece em terceiro com 13,64% (728.441 ). Neste cenário, as eleições na capital paulista vão para o segundo turno.

Veja o resultado do 1º turno em São Paulo:

BRUNO COVAS (PSDB): 1.754.013 - 32,85% (2º Turno)
GUILHERME BOULOS (Psol): 1.080.736 - 20,24% (2º Turno)
MÁRCIO FRANÇA (PSB): 728.441 - 13,64%
CELSO RUSSOMANNO (REPUBLICANOS): 560.666 - 10,50%
ARTHUR DO VAL/Mamãe Falei (Patriota): 522.210 - 9,78%
JILMAR TATTO (PT): 461.666 - 8,65%
JOICE HASSELMANN (PSL): 98.342 - 1,84%
ANGELO ANDREA MATARAZZO (PSD): 82.743 - 1,55%
MARINA MEDEIROS HELOU (Rede): 22.073 - 0,41%
ORLANDO SILVA (PCdoB): 12.254 - 0,23%
LEVY FIDELIX (PRTB): 11.960 - 0,22%
VERA LUCIA (PSTU): 3.052 - 0,06%
ANTÔNIO CARLOS SILVA (PCO): 630 - 0,01% (Anulado Sub Judice)

>> ACOMPANHE AQUI A COBERTURA POLÍTICA FEITA PELO O POVO

MAIS SOBRE ELEIÇÕES 

Eleições 2020: entenda o que é um empate técnico nas pesquisas

Entenda o que são margem de erro e intervalo de confiança nas pesquisas

Saiba como justificar ausência pelo aplicativo de celular E-Título


ELEIÇÕES 2020: 
A candidatura de vereadores

Além de candidatos ao Paço Municipal, são cerca de 1,3 mil candidatos ao posto de vereador ou vereadora em Fortaleza. No Ceará, o número se aproxima de quase 16 mil concorrentes. Mas o que de fato um vereador pode ou não prometer?

Diante da pandemia do novo coronavírus, o processo eleitoral no Ceará passou por algumas mudanças de horário e de protocolos sanitários. Além disso, em virtude do novo vírus, o candidato eleitoral de 2020 precisou ser alterado ainda em julho, por conta da crise gerada pela Covid-19.
Apesar das alterações, todo cidadão brasileiro alfabetizado, maior de 18 anos e legalmente capaz é obrigado a votar. O voto é facultativo para os eleitores analfabetos, os maiores de 70 anos, e os que têm entre 16 e 18 anos. Aqueles que não compareceram às urnas neste domingo devem justificar a ausência dentro do prazo estimado pela Justiça eleitoral, caso contrário ficará impossibilitado de emitir passaporte e carteira de identidade entre outras coisas. 


LEIA MAIS | O que acontece se o eleitor não votar? Saiba como justificar ausência

SAIBA MAIS SOBRE AS ELEIÇÕES 2020

>> Auxílio emergencial: Ceará tem 166 candidatos com patrimônio acima de R$300 mil na lista de beneficiários

>> Confira os resultados de todas as pesquisas para prefeito de Fortaleza

>> Descubra quem é favorito nas maiores cidades do Ceará e em capitais pelo Brasil

>
> ACOMPANHE AQUI A COBERTURA POLÍTICA FEITA PELO O POVO