PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Bolsonaro "dobra a aposta na morte e na irresponsabilidade", diz Ciro sobre saída de Mandetta

Ex-ministro da saúde, Mandetta foi demitido na tarde desta quinta-feira, 16, e recebeu manifestações de solidariedade diversas autoridades e lideranças pelo País

18:38 | 16/04/2020
Ciro Gomes (Foto: Thais Mesquita/O POVO)
Ciro Gomes (Foto: Thais Mesquita/O POVO) (Foto: Thaís Mesquita)

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), criticou o discurso do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) durante pronunciamento, na tarde desta quinta-feira, 16, para anunciar exoneração do então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM). "Inacreditável a fala de Bolsonaro agora. Dobra a aposta na morte e na irresponsabilidade!", escreveu Ciro em seu perfil no Twitter.

Bolsonaro voltou a criticar o isolamento social. "Jamais vou mandar minhas Forças Armadas prender um cidadão que está na rua". O presidente disse que não irá cercear direitos individuais. "Jamais, como chefe do Executivo, vou tirar o direito constitucional de ir e vir".

“Na maioria das vezes, o problema não afeta só a um ministério. Quando se fala em saúde, fala-se de vida, e não pode deixar de falar em emprego. E, desde o começo da pandemia, eu me dirigi a todos os ministros e falei sobre vida e emprego”, afirmou Bolsonaro durante pronunciamento concomitante ao do ex-ministro Mandetta.

>> Novo ministro diz que não haverá mudança brusca e defende conciliar saúde e emprego

O presidente também disse que a exoneração de Mandetta foi um “divórcio consensual” e que não condena, recrimina ou crítica a atuação do ex-ministro. "Ele fez aquilo, que como médico, achava que devia fazer. Ao longo desse tempo, a separação cada vez se tornava uma realidade, disse Bolsonaro, que aproveitou o momento para anunciar Nelson Teich como novo comandante da Saúde.

Também nesta quinta-feira, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) disse que a demissão de Mandetta gera "enorme preocupação".

Ouça o podcast:

Listen to "Jogo Político" on Spreaker.