Participamos do

Poeira coletada na primeira viagem à Lua será leiloada por até R$ 5,5 milhões

O leilão, que terá início no dia 13 de abril, dividirá as poeiras lunares em cinco recipientes diferentes
15:12 | Abr. 12, 2022
Autor Mirtes Rodrigues
Foto do autor
Mirtes Rodrigues Estagiária
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No dia 21 de julho de 1969, durante a missão Apollo 11, Neil Armstrong se tornou a primeira pessoa a pisar na Lua. Na época, o homem trouxe consigo 1 quilo de poeira lunar. Agora, as partículas da poeira que o astronauta trouxe serão leiloadas por um valor máximo de US$ 1,2 milhão, o equivalente a R$ 5,5 milhões na cotação atual.


O leilão, que terá início no dia 13 de abril, dividirá as poeiras lunares em cinco recipientes diferentes. O astronauta coletou pequenas amostras do solo da Lua para que caso a missão fosse abortada eles tivessem uma pequena quantidade de material lunar ao voltar para casa.


Ao chegar à Terra, a poeira foi descontaminada pela NASA, e logo depois, perdida. Por conta disso, o material acabou chegando na coleção pessoal de um curador do museu espacial de Hutchinson, no Kansas, Estados Unidos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


Em 2015 a amostra coletada foi leiloada e adquirida por Nancy Lee Carlson. A norte-americana, residente de Illinois, comprou a poeira por 995 dólares, cerca de R$ 4.572 na cotação atual.

Para se certificar que o material realmente veio da Lua, a mulher pediu para que a NASA o analisasse, porém, a agência estadunidense ao perceber do que se tratava, acabou por não devolver a amostra para Carlson. Nancy não teve outra alternativa a não ser processar a Nasa, conseguindo em seguida recuperar o objeto.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1