Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Homem raptado na infância encontra família após desenhar de memória mapa da vila onde morava

Li Jingwei, 37, foi sequestrado perto da cidade de Zhaotong, no sudoeste da província de Yunnan, em 1989, quando tinha apenas quatro anos

Um chinês que havia sido sequestrado há mais de 30 anos conseguiu encontrar sua mãe biológica após desenhar de memória um mapa contendo informações sobre a vila que morava durante a infância antes de ser levado. O encontro aconteceu no primeiro dia de 2022, de acordo com a BBC News Brasil.

Li Jingwei, 37, foi sequestrado perto da cidade de Zhaotong, no sudoeste da província de Yunnan, em 1989, quando tinha apenas quatro anos. Ele foi atraído para fora de casa por um vizinho e vendido para uma quadrilha de tráfico de crianças.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

33 anos depois, e após inúmeras tentativas de encontrar sua família biológica, Li resolveu divulgar sua história e a imagem do mapa que ele mesmo desenhou, no aplicativo de vídeo Douyin em 24 de dezembro de 2021.

A ilustração feita pelo chinês viralizou e Li conseguiu se reencontrar com a família e a mãe dele. "Trinta e três anos de espera, incontáveis noites de saudade e, finalmente, um mapa desenhado à mão de memória: este é o momento perfeito depois de 13 dias", escreveu Li no aplicativo pouco tempo antes de reencontrar sua mãe. "Obrigado a todos que me ajudaram a reunir a minha família", finalizou.

Isso só foi possível porque o desenho que o chinês fez foi comparado pela polícia e se parecia muito com as imagens de uma pequena vila do país onde uma mulher havia denunciado o desaparecimento do garoto há décadas. Testes de DNA confirmaram que Li era o filho desaparecido da mulher e os dois se encontraram no dia de ano novo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar