PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Presidente do Irã afirma que culpados pela queda de avião que matou 176 pessoas serão "castigados"

O porta-voz do sistema judiciário do país ainda informou, sem detalhes, que várias pessoas foram presas durante investigações

08:13 | 14/01/2020
O presidente Hassan Rohani afirmou que há mais culpados na tragédia além da pessoa quem "puxou o gatilho".
O presidente Hassan Rohani afirmou que há mais culpados na tragédia além da pessoa quem "puxou o gatilho". (Foto: HO / IRANIAN PRESIDENCY / AFP)

O presidente do Irã, Hassan Rohani, disse nesta terça, 14, que todos os envolvidos na queda do avião ucraniano serão "castigados". A aeronave foi derrubada por míssil do exército iraniano.

Líderes do Irã enfrentam indignação pública após derrubada de avião

"As forças armadas iranianas admitirem seu erro é um bom primeiro passo. Devemos garantir às pessoas que isso não acontecerá novamente", declarou o presidente. Segundo Rohani, a tragédia não foi cometida apenas por quem atirou o míssil, justificando a investigação por mais culpados.

De acordo com o porta-voz do sistema judiciário do país, Gholamhossein Esmaili, "várias pessoas" já foram presas suspeitas de envolvimento. Entretanto, ele não deu detalhes de quantas e quais pessoas seriam. As informações são do portal G1.