Participamos do

Suspeito de matar policial civil tem mandado de prisão expedido e deve permanecer preso

Mandado de prisão foi cumprido e Michael permanecerá preso após investigação do DHPP
12:42 | Jan. 11, 2022
Autor Jéssika Sisnando
Foto do autor
Jéssika Sisnando Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Michael da Costa de Queiroz, de 18 anos, conhecido como Maikin, foi preso suspeito de participar da morte do policial civil Edson Silva Macedo, de 41 anos, e teve a prisão relaxada nessa segunda-feira, 10, durante audiência de custódia. No entanto, nesta terça-feira, 11, O POVO apurou que um novo mandado de prisão foi expedido em desfavor de Michel, que deve permanecer preso.

A 11ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) solicitou o pedido de prisão temporária, que foi deferido pelo mesmo juiz da custódia. A primeira decisão judicial afirmava que não existiam indícios para que o suspeito permanecesse preso. 

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que ele teve a prisão relaxada. "Entretanto, com base em novas provas investigativas, foi solicitada a prisão temporária, sendo analisada pelo juiz que decretou prisão do suspeito."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No fim da manhã desta terça, 11, Michael foi conduzido da sede da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) para o DHPP, onde o mandado foi cumprido e ele será reinquirido. Equipes da PCCE, ainda conforme a SSPDS, continuam as buscas para encontrar os demais suspeitos já identificados.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags