Participamos do

Receita apreende cocaína avaliada em R$ 250 milhões em porto de Fortaleza

Carregamento de "algas marinhas em pó" foi apreendido e passou por testes para identificar presença do entorpecente. Eram 487 quilos da droga, endereçados a Roterdã, na Holanda
14:14 | Dez. 14, 2021
Autor Alexia Vieira
Foto do autor
Alexia Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com destino a Roterdã, na Holanda, 487 kg de cocaína foram apreendidos no Porto do Mucuripe, em Fortaleza, na manhã desta terça-feira, 14. O carregamento estava disfarçado de “algas marinhas em pó”. De acordo com a Receita Federal, responsável pela apreensão, os produtos passaram por testes que confirmaram a presença do narcótico.

O valor de R$ 250 milhões foi calculado pela Receita com base no preço presumido do montante da droga na Holanda: 40 milhões de euros. A cifra não significa lucro dos traficantes, sendo apenas uma estimativa de preço de mercado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A carga de exportação partia do Porto do Mucuripe e foi interceptada pela Alfândega da Receita Federal. Cães farejadores da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) foram utilizados para identificar a existência de drogas nos produtos.

Depois de testes químicos e com os cães de faro, a alta concentração de cocaína foi constatada. “A confirmação definitiva depende de laudo pericial, a partir de amostra do material já colhida e a ser encaminhada à Polícia Federal”, diz a nota do órgão. Foi a maior apreensão da Receita Federal no Porto do Mucuripe.

Atualizado às 20 horas

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags