Participamos do

Ação na Feira da Parangaba resulta na captura de 210 animais e cinco suspeitos

O Batalhão de Polícia do Meio Ambiente (BPMA) apreendeu animais de espécies silvestres e capturou cinco suspeitos na manhã desse domingo, 24, durante ação contra o comércio ilegal de animais silvestres
01:09 | Out. 25, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Batalhão de Polícia do Meio Ambiente (BPMA) apreendeu 210 animais de espécies silvestres na manhã desse domingo, 24, na Feira da Parangaba. A operação de combate ao comércio ilegal de animais silvestres conduziu cinco suspeitos a uma unidade policial, mas apenas um foi preso.

O homem que permaneceu preso foi Márcio de Castro Araújo, de 51 anos, com antecedentes por furto e lesão corporal. Com a chegada dos agentes militares na Feira, alguns comerciantes tentaram fugir, mas cinco foram flagrados, abordados e capturados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Nas diligências, 210 animais foram apreendidos; a maioria era de espécies silvestres, como galo campina, bigodeiro, gominha e periquito do sertão. Uma calopsita com sinais aparentes de maus tratos também foi apreendida.

Ainda, os agentes do BPMA encontraram e apreenderam um saco com medicamentos de uso controlado. Os itens apreendidos e as pessoas capturadas foram apresentados na Delegacia de Polícia de Meio Ambiente (DPMA), onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por posse de animais silvestres e maus tratos. Um inquérito policial foi instauração com base no Artigo 33 da Lei de Entorpecentes.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags