Participamos do

Operação Apostos: Cinco pessoas são presas nos bairros Messejana e Jangurussu

Ação contou com136 profissionais, 12 auxiliares, um cão farejador do Núcleo de Operações com Cães (NOC) da Denarc, 33 viaturas, uma van, 22 motos, seis carros de reboques e uma ambulância
18:56 | Fev. 04, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Repórter-trainee
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Cinco pessoas foram capturadas nos bairros Messejana e Jangurussu, em Fortaleza, durante mais uma fase da Operação “Apostos”, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), realizada na quarta-feira, 3. Ainda durante a operação, 328 veículos e 44 pessoas foram abordadas. Desse número, 51 veículos foram apreendidos em situação irregular.

As duas primeiras prisões ocorreram no bairro Jangurussu, por meio de mandado judicial. José Gerardo Rocha dos Santos, de 56 anos, conhecido como “Ligeirinho”, foi preso por equipes do 30º Distrito Policial, no bairro São Cristóvão. Ele tem antecedentes por roubo, furto, furto de veículo e receptação. Já Victor Hugo de Oliveira Parente, de 46 anos, tinha mandado de prisão pelo crime de estupro. Ele foi preso por equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC).

Leia Também | Motorista de aplicativo é encontrado amarrado e amordaçado no bairro Itapery

Outro homem, Tiago Ramos Pereira, de 23 anos, foi preso em um imóvel também no bairro Jangurussu. Com ele foram encontrados 45 papelotes de maconha e quatro gramas de cocaína por equipes do Policiamento Ostensivo Geral (POG). Ele possuía antecedentes por tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo e corrupção de menores. Tiago foi levado para o 30º DP, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Dando continuidade a operação, Felipe Renzo Cabral Costa dos Santos, de 20 anos, que estava em uma motocicleta, foi parado em uma blitz da Autarquia Municipal de Fortaleza (AMC). Na fiscalização, foi constatado que a placa da motocicleta estava adulterada. Felipe foi levado para o 30º DP, onde foi autuado dirigindo sem habilitação e por adulteração de sinal identificador de veículo. Além disso, ele tem antecedentes por furto.

Leia Também | PF apreende 32 quilos de cocaína dentro de cargas de construção civil no Pinto Martins

Em um outro ponto de fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), com apoio de militares do Policiamento Ostensivo Geral, um adolescente de 16 anos foi apreendido quando trafegava em um carro com registro de roubo na Avenida Frei Cirilo, no bairro Messejana. Dentro do veículo, um simulacro de arma de fogo foi apreendido. O menor de idade foi conduzido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Conforme levantamentos policiais, ele já possuía atos infracionais por lesão corporal dolosa, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo de veículo.

No total, esta fase da operação contou com a participação de 136 profissionais, 12 auxiliares, um cão farejador do Núcleo de Operações com Cães (NOC) da Denarc, 33 viaturas, uma van, 22 motos, seis carros de reboques e uma ambulância. 

Leia Também | Duas motocicletas e uma arma de fogo foram apreendidas com suspeitos do latrocínio contra PM

Operação Apostos

A operação "Apostos" é organizada pela Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol), da SSPDS. Dela participam órgãos vinculados e parceiros, como a Polícias Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), Coordenadoria de Inteligência (Coin) e Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), ambas da SSPDS, a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), além da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), Autarquia Municipal de Fortaleza (AMC), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Agência de Fiscalização do Fortaleza (Agefis).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags