Participamos do

Marinha encontra dois corpos supostamente relacionados à embarcação desaparecida no RJ

Nesta sexta-feira, 5, será feito o translado do corpo para reconhecimento pelo órgão competente. Buscas seguirão nos próximos dias mesmo com condições de tempo e mar desfavoráveis
21:07 | Fev. 04, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Dois corpos supostamente relacionados com os tripulantes da embarcação “O Maestro” foram encontrados dentro da área de buscas, a aproximadamente 50 quilômetros a leste do Farol de Cabo Frio, em área próxima ao material recolhido nessa quarta-feira. A informação foi divulgada em nota pela Marinha do Brasil.

Nesta sexta-feira, 5, o navio responsável pelas buscas demandará que o Porto de Macaé faça o translado dos corpos para a realização da identificação dos corpos, sob responsabilidade de órgão competente. Mesmo com condições de tempo e do mar desfavoráveis, as buscas continuarão nos próximos dias. Nessa quarta, representantes dos familiares das vítimas foram recebidos no Rio de Janeiro para esclarecimentos sobre a busca.

Leia Também | Busca por desaparecidos em embarcação com destino ao Ceará chega ao quarto dia

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

+ Rio: Marinha mantém buscas à embarcação com cinco tripulantes que navegava em direção ao Ceará

Uma área de mais de 55 mil km² já foi percorrida por navios e aeronaves da Marinha e da Força Aérea Brasileira, com faixa litorânea percorrida entre o Porto de Açu, em São João da Barra, e a Restinga de Marambaia, ambos localizados no Rio de Janeiro.

Entenda o caso

Uma lancha saiu do Rio de Janeiro no dia 26 de janeiro e desapareceu na última sexta-feira, 29. No veículo estavam cinco pessoas, entre eles o mecânico automotivo e náutico José Cláudio de Sousa Vieira, de 52 anos, natural de Fortaleza.

Segundo a filha, na sexta-feira, 29, ele informou por meio de mensagem que não sabia quando chegava e que tinha parado para dormir, mas logo depois ela chegou a enviar uma mensagem para o pai e já não tinha mais sinal. A partir de então, a Marinha iniciou buscas, que entraram em seu quinto dia nesta quinta-feira.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags