PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Aglomeração na Praia de Iracema é dispersada com tiros neste domingo; veja vídeo

Ocorrência foi registrada em vídeo por presentes por volta das 19 horas e não há informações sobre feridos. Caso foi confirmado pelo O POVO com testemunhas do ocorrido

Alan Magno
21:04 | 27/12/2020
Multidão é dispersada com tiros pela PM na Praia de Iracema neste domingo, 27 (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Multidão é dispersada com tiros pela PM na Praia de Iracema neste domingo, 27 (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Uma aglomeração de pessoas na Praia de Iracema, em Fortaleza, foi dispersada por um patrulhamento da Polícia Militar na noite deste domingo, 27. Na ocorrência, dezenas de pessoas se reuniam ao redor da estátua de Iracema, um dos cartões-postais da Capital, quando foram surpreendidas por PMs que utilizaram tiros para o alto como forma de dispersar a multidão. 


Vídeos feitos por moradores da área e quem passava próximo ao aterro mostram as cenas da grande concentração de presentes sendo dispersada. O caso aconteceu por volta das 19 horas e teria durado poucos minutos, segundo relatos colhidos pelo O POVO.

Os estampidos são percebidos nas gravações. A viatura policial percorre a faixa de areia do próprio aterro, entre o mar e a aglomeração aos pés da estátua. A multidão contrariava as medidas sanitárias de prevenção contra o coronavírus. Segundo a Polícia Militar do Ceará (PMCE), ninguém foi preso nem saiu ferido. 

LEIA TAMBÉM | 31 pessoas são detidas em festa com aglomeração no Beberibe; duas tinham sintomas de Covid-19

Um proprietário de uma pousada próxima ao local testemunhou toda ação e contou ao O POVO que os tiros foram disparados da faixa de areia, nas proximidades da estátua, segundos antes da chegada de uma viatura da PM. "Houve tiros, um princípio de correria, muitos policiais, muitas viaturas, mas fora isso, logo se acalmou tudo", completou.

No vídeo que mostra parte da ação policial é possível observar que um cerco foi formado em torno da aglomeração, com PMs a pé, viaturas nas vias de acesso ao local e também na faixa de área. Por volta das 20h, O POVO confirmou com outro presente no local que a multidão não se encontrava mais reunida na praia e que a movimentação, tanto de pessoas, como de policiais era tranquila.

LEIA MAIS | Bar no Cambeba é autuado dois dias seguidos por promover festas com aglomeração 

LEIA MAIS | Festa na madrugada tem multidão, paredões de som e tiros; rua amanhece com sangue e sujeira

A Polícia Militar pontuou em nota, respondendo os questionamentos do O POVO, que o tumulto registrado neste domingo, 27, se tratava de uma "discussão generalizada entre indivíduos". Ainda segundo posicionamento da corporação, a confusão gerada pela discussão e devido o número de envolvidos foi necessário o uso de "munição menos letal" - os estampidos ouvidos teriam sido balas de borracha, consideradas de impacto controlado.