PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Chuva e obras: saiba como fugir de ruas e avenidas que passam por transtornos

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) conversou com O POVO e deu dicas de desvios a esse locais

Gabriela Almeida
07:00 | 18/02/2020
Em épocas de chuva, é preciso evitar vias que alagam com mais frequência
Em épocas de chuva, é preciso evitar vias que alagam com mais frequência (Foto: MAURI MELO/O POVO)

Além de uma intensa quadra chuvosa, que resulta em transtornos causados por alagamentos por conta da falta de estrutura de vias da Cidade, algumas ruas e avenidas de Fortaleza enfrentam obras de reestruturação que dificultam o tráfego. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) conversou com O POVO e deu dicas de rotas alternativas a esse locais, para motoristas e pedestres que precisam atravessá-los. Confira:

Rua Ana Bilhar

As etapas de construção do polo gastronômico da Varjota, novo trecho da rua Ana Bilhar interditado no último dia 10, tem como objetivo a padronização das calçadas, um novo sistema de drenagem e um pavimento em blocos de concreto. A opção de desvio para motoristas que precisam trafegar na rua Ana Bilhar é dobrar à esquerda na rua Oito de Setembro, à direita na República do Líbano e à direita na rua Delmiro Gouveia.

Avenida Alberto Craveiro

Com início em maio de 2019, as obras na avenida consistem, entre outros, na duplicação do viaduto existente sobre a BR-116, contando com oito faixas de tráfego, sendo quatro por sentido. A reestruturação tem causado engarrafamentos e transtornos. Como rota alternativa, pedestres e motoristas podem desviar pela BR 116, no sentido Aldeota, e pela avenida Silas Munguba, caso o sentido seja o Castelão.

Avenida Beira Mar

As obras de requalificação e urbanização da Beira Mar, que prevê o avanço do aterro em 80 metros em direção ao mar, além de dragagem, drenagem e várias outras ações, causam transtornos entre moradores, consumidores e comerciantes. Além de problemas no tráfego, a avenida também enfrenta alagamento em alguns de seus trechos quando chove. As dificuldades de acesso, no entanto, podem ser dribladas por motoristas e pedestres que precisam atravessar a avenida. Segundo o órgão, neste momento é preciso optar pela avenida Abolição.


Avenida Heráclito Graça

A avenida enfrenta alagamentos com frequência durante período chuvoso. Trechos chegam a ficar submersos, impedindo a passagem de carros. Para evitar o transtorno, quem precisa atravessar a avenida durante a quadra chuvosa pode optar, caso vá no sentido Centro, pelas ruas Padre Valdevino ou João Brígido.

Avenida Américo Barreira

A avenida tem sofrido alagamentos durante as chuvas intensas devido às obras de drenagem realizadas no local. Quem precisa atravessá-la, se direcionando ao sentido Centro, pode desviar pela avenida João Pessoa. Caso seja necessário ir sentido oposto, pedestres e motoristas podem fazer o desvio pela rua Rio Grande do Sul, a partir da Humberto Monte até a Fernandes Távora.

Rua Tibúrcio Cavalcante

Alguns trechos da rua Tibúrcio Cavalcante, próximos à avenida Beira-Mar, enfrentaram alagamentos em suas vias nesta segunda-feira,17. Para quem precisa de rotas alternativas, a AMC informa que as ruas Silva Paulet e Osvaldo Cruz podem servir como desvios.

Rua Augusto Araújo

Próximo à avenida Américo Barreira, a rua Augusto Araújo também apresentou um quadro de alagamento durante checagem do O POVO na manhã desta segunda-feira,17. A alternativa dada pelo órgão, a quem deseja evitar o transtorno no local, é optar por um desvio na rua Rio Grande do Sul.