PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Prefeitura quer diminuir distribuição de medicamentos nos terminais

O abastecimento de forma mais regular dos postos de saúde da Capital tem diminuído a necessidade das centrais de medicamentos para o sistema de distribuição, segundo a SMS

14:04 | 04/02/2020
a mudança aconteceu devido ao abastecimento mais regular dos postos de saúde, de acordo com a SMS.
a mudança aconteceu devido ao abastecimento mais regular dos postos de saúde, de acordo com a SMS. (Foto: FABIO LIMA)

A intenção da gestão municipal de Fortaleza é diminuir cada vez mais o uso das Centrais de Distribuição de Medicamentos no Terminal (CDMT) para que usuários coletem remédios. A informação foi divulgada em entrevista à Rádio O POVO CBN da secretária municipal da Saúde, Joana Maciel, na manhã desta terça-feira, 4. Conforme a titular da pasta, o objetivo é que o abastecimento esteja concentrado nos postos de saúde.

 

A secretária disse que hoje existe um abastecimento mais regular dos postos de saúde. De acordo com a Prefeitura, o sistema de CDMT foi criado para ser usado caso ocorra alguma falta eventual nas unidades de saúde. “A intenção é ter cada vez mais nos postos e menos nos terminais”, ressaltou Maciel.

Com a mudança, os profissionais que trabalham nos terminais estão sendo direcionados para atuar com mais foco na promoção de saúde, especialmente no acompanhamento de diabéticos e hipertensos. “Através do prontuário eletrônico, estamos entrando em contato para ver se os pacientes estão tomando a medicação de forma adequada”, apontou.