PUBLICIDADE
Fortaleza
Noticia

8ª morte é confirmada no quinto dia de resgate nos escombros do edifício Andrea

Agora, os bombeiros buscam pela síndica do prédio, que ainda está sob os escombros do edifício

11:44 | 19/10/2019
Trabalho dos bombeiros não cessou desde o primeiro dia da tragédia no edifício Andréa
Trabalho dos bombeiros não cessou desde o primeiro dia da tragédia no edifício Andréa (Foto: JÚLIO CAESAR)

O prefeito Roberto Cláudio chegou, na manhã deste sábado, 19, ao local onde ocorreu o desabamento do Edifício Andréa. O político foi acompanhar o trabalho do Corpo de Bombeiros no resgaste as vítimas da tragédia. Ainda hoje, os agentes confirmaram ter localizado, sem vida, uma das duas pessoas que ainda estavam desaparecidas. O corpo de Eriverton Laurentino Araújo, de 44 anos, foi encontrado por volta das 10h30min deste sábado. Ele era cuidador de Vicente de Paula Vasconcelos de Menezes, 89, sétima vítima do desabamento.

Leia mais: Desabamento de prédio em Fortaleza: confira o que se sabe até agora

Acompanhado de sua equipe, Roberto Cláudio cumprimentou os oficiais da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Junto aos agentes, ele seguiu para área próxima aos escombros do prédio.

O desabamento do Edifício Andréa ocorreu na manhã da última terça-feira, 15. Até o momento, o acidente deixou oito mortos e sete pessoas feridas.

Um dos desaparecidos, Francisco Erivelton dos Santos, foi removido da lista. O sumiço dele havia sido reportado pelo irmão, que afirmou que, no dia do acidente, ele estava no edifício realizando manutenção de um ar-condicionado. Contudo, na sexta-feira, 18, foi descoberto que o rapaz nem mesmo esteve no local e sequer trabalha como técnico em ar-condicionado.

No mesmo dia, foi divulgado um vídeo de uma das câmeras de segurança do prédio que mostrava pedreiros quebrando uma das colunas de sustentação poucos minutos antes do colapso.

Com informações da repórter Luana Severo