PUBLICIDADE
Fortaleza
NOTÍCIA

Confira a movimentação de ônibus e trânsito nesta segunda-feira de ataques

O POVO Online visitou alguns terminais e avenidas de Fortaleza para conferir o movimento na noite desta segunda-feira, 23.

Lucas Braga
20:33 | 23/09/2019
FORTALEZA, CE, BRASIL, 23-09-2019: Terminal de ônibus da Lagoa. Terminais de ônibus de Fortaleza sofrem contigenciamento da frota por causa de ataques a ônibus nesta data. (Foto: Júlio Caesar/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 23-09-2019: Terminal de ônibus da Lagoa. Terminais de ônibus de Fortaleza sofrem contigenciamento da frota por causa de ataques a ônibus nesta data. (Foto: Júlio Caesar/O POVO)(Foto: Julio Caesar/Julio Caesar)

Após onda de ataques criminosos no Ceará desde o último sábado, 21, a frota de ônibus em Fortaleza foi reduzida nesta segunda-feira, 23, e nesta terça, 24, passará a rodar com 70% dos carros. A informação é do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sindiônibus). O POVO Online visitou três terminais de ônibus e algumas avenidas da Capital para conferir o movimento na noite desta segunda.

>>> Saiba onde foram registrados ataques em Fortaleza e Região Metropolitana; ações começaram sábado, 21

No entorno do terminal da Parangaba, havia muito movimento, com dezenas de ônibus a todo minuto. O policiamento foi reforçado e não havia bloqueios. No Siqueira, a movimentação e frota de ônibus continuavam normais, com exceção da linha 354 - Conjunto Novo Lar/Siqueira.

No terminal do Lagoa, as linhas 348 - Avenida Lineu Machado e 308 - Demócrito Rocha não estão circulando. Outras, só vão até determinado ponto, como 322 - Granja Portugal (só até a rua Vital Brasil), 351 - Jockey Clube/Bonsucesso (até a avenida Perimetral) e 394 - Parque Universitário/Lagoa (até o "Pinheiro").

"Normalmente já enfrento congestionamento e demora dos ônibus. Com esses casos de violência, amanhã vai estar muito mais complicado, com certeza", reclama a universitária Laís Gomes, que vai diariamente da Parangaba ao Pici.

O consultor Yuri Amaro concordou. "Pego o 044 - Parangaba/Papicu/Montese diariamente, da Parangaba para a Aldeota. Vai ser igual ao começo do ano, amanhã, com pouco ônibus. A gente, se conseguir ir, vai chegar atrasado".

O fluxo de ônibus nos bairros Montese e Parangaba estava menor que o comum. Na avenida Alberto Magno, por exemplo, muitas paradas estavam vazias.