Participamos do

Ceará gera 16,5 mil empregos em agosto de 2021 e registra 3º melhor saldo do Nordeste

O setor que mais contratou no Estado durante o mês passado foi o segmento de serviços, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados
11:09 | Set. 29, 2021
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário do O POVO Online
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará contratou mais que demitiu e gerou 16.506 empregos durante o mês de agosto de 2021. A informação foi revelada pelo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, divulgado nesta quarta-feira, 29 de setembro. 

Com registro de 48.232 contratações e 31.725 demissões, o desempenho do Ceará foi o terceiro melhor do Nordeste com relação ao mercado formal de trabalho. Na liderança da região está a Bahia com 17.882 novas vagas geradas no último mês, seguida por Pernambuco, com saldo positivo de 17.215 novos postos de trabalho. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No acumulado do ano, o Ceará registra 312 mil admissões e 250 mil desligamentos. Entre janeiro e agosto de 2021, o cenário positivo reflete-se no registro de aproximadamente 62 mil postos de trabalho. Resultado é o segundo maior saldo entre os noves estados do Nordeste, atrás apenas da Bahia que em igual período registra 98,8 mil contratações.

Geração de emprego no Ceará por setores 

A distribuição das novas contratações ocorre de forma não linear entre os setores econômicos do Estado. Em agosto, o setor de serviços empregou mais que demitiu, com 7,8 mil contratos formais no Estado, enquanto a indústria de modo geral teve saldo final de 3,5 mil contratados. Entre os grandes segmentos, o que menos realizou mais admissões foi a agropecuária, com 725 novas vagas abertas no último mês. O panorama geral ficou da seguinte forma:

>> Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura - 725 mais admissões que demissões

>> Indústria Geral - 3.538 mais admissões que demissões

>> Construção - 1.834 mais admissões que demissões

>> Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas -  2.569 mais admissões que demissões

>> Serviços - 7.841 mais admissões que demissões

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags