Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Justiça decide que Governo Federal exija vacinação ou teste negativo de Covid para entrar no Ceará

A decisão acata pedido do governador de Ceará, Camilo Santana (PT), para a entrada de voos no Estado, diante da preocupação com a variante Delta do novo coronavírus
10:56 | Ago. 11, 2021
Autor - Beatriz Cavalcante
Foto do autor
- Beatriz Cavalcante Articulista quinzenal do O POVO
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Justiça Federal atendeu pedido do Governo do Ceará e decide que a União deve exigir vacinação ou teste negativo de Covid para a entrada de voos no Estado.

VEJA AQUI A DECISÃO NA ÍNTEGRA

A decisão acata pedido do governador de Ceará, Camilo Santana (PT), diante da preocupação com a disseminação da variante Delta do novo coronavírus no Estado.

Trata-se de Ação Ordinária movida pelo Estado do Ceará contra a União Federal e a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) para que seja concedida liminar para adoção de providências no sentido de somente autorizar o embarque em voos com destino ao Ceará e desembarque de voos particulares (quando não for possível a aferição por ocasião do embarque) com os comprovantes de vacinação ou teste. 

A ideia é que passageiros provenientes de outros estados do país apresentem comprovante de vacinação atestando a integralização do ciclo de imunização, com a aplicação das duas doses ou dose única ou resultado negativo de exame de antígeno ou RT-PCR realizado em até 72h antes do horário do voo.

Para assegurar o efetivo cumprimento da liminar, foi requerida a imposição de medidas coercitivas, incluindo multa cominatória.

Sobre a decisão, Juvêncio Vasconcelos Viana, procurador-geral do Estado, como representado do Governo estadual no pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) na Justiça Federal contra União e Anac, comemora: "Uma decisão fundamental para esse atual momento, que vem em total defesa do povo cearense. Uma decisão relevantíssima para o atual contexto de enfrentamento da pandemia".


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Líder em participações diretas e assistências, Lima é o principal destaque ofensivo do Ceará

Grande Fase
10:57 | Ago. 11, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo

Sem um grande goleador na competição, o Ceará tem depositado em Lima as suas esperanças no ataque pelo Campeonato Brasileiro. Com seis participações diretas – dois gols e quatro assistências –, o meia lidera o quesito no Vovô. Sendo o jogador de frente do Alvinegro com mais minutos em campo na primeira divisão (1014), o atleta atuou em todas as partidas da série invicta e foi decisivo para o time de Porangabuçu.

Apesar de não ser o artilheiro da equipe no Brasileirão, posição ocupada por Rick, com três gols, Lima está na lista de atletas alvinegros que marcaram duas vezes na primeira divisão junto com Cléber, Jorginho e Lacerda. Porém, o destaque principal do camisa 45 tem sido as assistências. Foram quatro até o momento, sendo o maior passador do Vovô no torneio nacional.

Decisivo, Lima foi determinante para que o time cearense conquistasse pontos na Série A diante do Internacional (1 a 1), empatando o jogo, do Atlético-MG (2 a 1), abrindo o placar de falta, do Cuiabá (2 a 2), dando duas assistências, do Juventude (2 a 0), tocando para Saulo marcar o primeiro gol da partida, e no Clássico-Rei (3 a 1), com o passe para Kelvyn balançar as redes e começar a reação alvinegra. Todas as participações foram na sequência invicta do Vovô.

Importante para o bom funcionamento do ataque alvinegro, Lima esteve presente em todos os jogos do Ceará na série invicta. Com a camisa do Vovô, o jogador só perdeu uma vez na competição, contra o Bahia, no revés por 2 a 1. Fora a derrota, o jogador alvinegro acumula oito empates e quatro vitórias, obtendo 51% de aproveitamento.

O bom desempenho ofensivo tornou Lima um dos pilares do time de Guto Ferreira. Com 1014 minutos em campo pelo Ceará no Campeonato Brasileiro, Lima é disparado o jogador de ataque com mais tempo na competição. O armador superar nomes importantes em Porangabuçu como Vina (687), Jorginho (772), Mendoza (852) e Cléber (551). Dentre todos do elenco, o meia só fica atrás de Lacerda (1041), Pacheco (1170), Fernando Sobral (1244) e Messias (1350).

Contando com o bom futebol apresentado por Lima, o Ceará se prepara para o confronto contra o Corinthians, na Neo Química Arena, no domingo, 15, às 16 horas, pela 16ª rodada da Série A. O Vovô tem 23 pontos e ocupa a sétima colocação, enquanto o rival paulista está na 12ª posição, com 18.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Justiça decide: só desembarca no Ceará passageiro com teste ou duas doses de vacina

PANDEMIA
10:52 | Ago. 11, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A Justiça Federal decidiu que só será permitido desembarque em aeroportos do Ceará de passageiros que comprovem vacinação completa contra Covid-19, com duas doses ou dose única no caso da Janssen, ou que apresente resultado negativo de exame RT-PCR feito até 72 horas antes do embarque.

A decisão é do juiz federal Luís Praxedes Vieira da Silva e atende pedido do Governo do Ceará contra a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). As restrições são tentativa de conter a variante Delta do coronavírus.

A decisão vale para voos comerciais ou voos particulares, no caso de não ter sido possível a medição no embarque.

O magistrado concedeu a tutela antecipada e determinou a notificação à Anac com máxima urgência. "Não se trata de restrição de livre locomoção pelo país, nem restrição ao direito de liberdade, mas de proteção à vida, que é um direito de alta relevância", diz o juiz na decisão.

"(...) a gravidade da situação por todos enfrentada exige a tomada de providências estatais, em todas as suas esferas de atuação, sempre através de ações coordenadas e
devidamente planejadas pelos entes e órgãos competentes, e fundadas em informações e dados científicos comprovados", acrescenta Silva.

A ação judicial havia sido anunciada pelo governador Camilo Santana (PT) na última sexta-feira, 6, como forma de conter os casos da variante Delta, que já somava àquela altura 15 diagnósticos no Estado, todos de passageiros vindos de outros estados.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Produção industrial do Ceará cresce pelo terceiro mês seguido

ECONOMIA
09:39 | Ago. 11, 2021
Autor Beatriz Cavalcante
Foto do autor
Beatriz Cavalcante Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A produção industrial avança pelo terceiro mês seguido no Ceará e segue em alta em todas as bases de comparação. Para se ter ideia, o avanço foi de 3,8% na passagem de maio para junho; de 26,8% no acumulado do ano; e de 15,2% em 12 meses.

Na comparação com maio, quando a variação havia sido de 6,3%, há até uma desaceleração de 2,5 pontos percentuais (p.p), apesar de resultado positivo.

Acontece que o Ceará vem bem ante a maioria dos estados do País. Isso porque a produção industrial encolheu em dez dos 15 locais pesquisados na passagem de maio para junho, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, dia 11 de agosto.

Em São Paulo, maior parque industrial do Brasil, houve uma queda de 0,9%. As demais taxas negativas ocorreram no Paraná (-5,7%), Pará (-5,7), Pernambuco (-2,8%), Mato Grosso (-1,9%), Espírito Santo (-1,6%), Goiás (-1,1%), Rio Grande do Sul (-0,9%), Minas Gerais (-0,6%) e Santa Catarina (-0,3%).

Houve expansão, além do Estado, na Bahia (10,5%), Região Nordeste (6,4%), Amazonas (4,4%) e Rio de Janeiro (2,8%). Na média global, a indústria nacional ficou estagnada (0,0%) em junho ante maio, informou o IBGE. (Com Agência Estado)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Pesquisadores da UFC identificam causas dos efeitos colaterais da quimioterapia para tratar câncer colorretal

07:42 | Ago. 11, 2021
Autor Luciano Cesário
Foto do autor
Luciano Cesário Autor
Ver perfil do autor
Tipo

Uma pesquisa desenvolvida pelos laboratórios de Farmacologia da Inflamação do Câncer e de Citogenômica do Câncer, da Universidade Federal do Ceará (UFC), identificou os fatores que aumentam as chances de efeitos colaterais graves durante o tratamento quimioterápico contra o câncer colorretal. Elaborado em parceria com o Instituto do Câncer do Ceará, além de outras universidades e instituições do Brasil, o estudo foi publicado recentemente na revista internacional British Journal of Pharmacology, do Reino Unido.

Os pesquisadores fizeram análise genética em voluntários e testes com camundongos para descobrir as origens dos efeitos colaterais causados pelo irinotecano, principal fármaco utilizado na quimioterapia para esse tipo de câncer. O medicamento provoca diarreia grave - quando ocorrem pelo menos sete episódios de evacuação líquida por dia - em até 25% dos pacientes submetidos ao tratamento.

Segundo o estudo, pessoas com variações moleculares em um receptor celular chamado toll-like 4 são as mais suscetíveis às reações adversas. A pesquisa mostra que, ao mesmo tempo em que a quimioterapia é utilizada para destruir as células tumorais, ataca também células saudáveis responsáveis pela proteção da mucosa intestinal. Isso faz com que as bactérias do próprio intestino se espalhem por outros tecidos do organismo. É aí que entram os receptores toll-like 4, que funcionam como barreiras para as invasões, desde que não haja muitas transmutações.

De acordo com o professor Roberto Lima Júnior, um dos coordenadores do Laboratório de Farmacologia da Inflamação do Câncer, quanto maior as variações moleculares do toll-like 4, mais o paciente fica suscetível aos efeitos colaterais graves.

“Imagine um quartel que em toda esquina fica aquele sentinela prevenindo quadros de invasão – o toll-like 4 funciona da mesma maneira. Ele é capaz de reconhecer a bactéria que está invadindo e deflagrar uma inflamação que erradique a presença daquela bactéria. O problema é quando esse soldado está vendado ou distraído, e não reconhece o invasor. Isso propicia um agravo da colonização dessas bactérias nos tecidos e, portanto, uma inflamação muito mais intensa do que a que ocorreria”, explica o docente, acrescentando que nos casos mais graves o paciente pode ir a óbito por desidratação e desequilíbrio no organismo.

Com o estudo, os pesquisadores concluíram que as reações adversas estão intimamente ligadas a fatores genéticos. Por isso, eles querem incorporar a chamada “Medicina de precisão” no tratamento do câncer colorretal. “A ideia, a partir desse trabalho, é ir para a inovação: fazer o teste de polimorfismo de toll-like 4 em todo paciente com câncer colorretal que vá receber a quimioterapia e verificar se ele vai ter essa predisposição ao desenvolvimento de diarreia severa”, explica a pesquisadora Deysi Wong, professora visitante do Departamento de Patologia e Medicina Legal da UFC e principal responsável pelo estudo.

Na prática, a pesquisa sugere que, antes do início da quimioterapia, a equipe médica deve avaliar o conjunto de variações genéticas dos pacientes para, assim, definir qual a melhor estratégia para o tratamento. O procedimento iria indicar qual a medicação mais adequada nos casos particulares. “Para cada câncer, existem os regimes de quimioterapia prediletos, combinações de fármacos que geram os melhores resultados para aqueles tipos de câncer. No caso do câncer colorretal, existem vários protocolos que podem ser utilizados excluindo o irinotecano”, comenta Roberto Lima.

Saiba mais

 

O câncer colorretal se localiza na parte final do intestino. Ele atinge principalmente pessoas com mais de 50 anos e, se detectado precocemente, tem índice de cura de até 90%. O tratamento inclui quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

O estudo

 

A pesquisa envolveu uma rede de pesquisadores de três cursos de pós-graduação da UFC (Farmacologia, Patologia e Ciências Farmacêuticas); além do Laboratório de Farmacologia da Inflamação do Câncer e o de Citogenômica do Câncer. Também participaram do estudo o Laboratório de Biologia Molecular e Genética e pesquisadores do Hospital Haroldo Juaçaba, do Instituto do Câncer do Ceará; o Serviço de Oncologia do Hospital Universitário Walter Cantídio, além da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, e do Instituto de Biociências da Universidade estadual Paulista (UNESP).

O trabalho contou com financiamento da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP), do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Com informações da Universidade Federal do Ceará (UFC)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Cursos de idiomas ajudam a alavancar a carreira profissional

PUBLIEDITORIAL
07:00 | Ago. 11, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Publieditorial

Diante da globalização e do aumento da competitividade no mercado de trabalho, saber mais de um idioma proporciona melhores oportunidades para alavancar a carreira profissional. Segundo pesquisa do site de empregos Catho, quem sabe falar inglês chega a ganhar até 70% mais do que quem não sabe o idioma. No entanto, em muitas empresas o inglês já se tornou um requisito básico, gerando a necessidade de ampliar o conhecimento em outras línguas.

Para ajudar o profissional a se destacar, o Senac Ceará está com inscrições abertas nos cursos de idiomas, com turmas de inglês, espanhol e francês que contemplam tanto adultos como adolescentes. As matrículas já estão abertas e podem ser efetuadas no site da instituição para os módulos Básico, Intermediário e Avançado. As aulas terão início ainda este mês, na unidade Senac Reference (avenida Desembargador Moreira, 1301). Já nas unidades Senac de Juazeiro do Norte, Crato e Iguatu, serão ofertados cursos de inglês.

Além dos cursos tradicionais, há ainda os cursos intensivos, como o “Inglês básico intensivo”, onde o aluno estuda uma carga horária de dois anos em apenas um semestre. O Senac também oferece cursos especiais não modulares, como as opções “Inglês básico para viagens” e “Conversação em língua inglesa e espanhola”.

Conhecimento para todas as áreas da vida

Para além dos interesses profissionais, saber um novo idioma também influencia na vida acadêmica, cultural e social. Conforme dados do site Ethnologue 2020, o inglês é o idioma padrão em negócios internacionais, turismo, tecnologia, entretenimento, entre outras áreas, uma vez que conta com 1,2 bilhões de falantes no mundo. Já o espanhol é o terceiro idioma mais utilizado na internet e o 4º mais falado no mundo. O francês também tem significativa representatividade, com 29 países que falam a língua.

De acordo com Viviane Olive, consultora de produtos educacionais do Senac Ceará, aprender um novo idioma abre possibilidades reais de contratação, crescimento e desenvolvimento, principalmente com a expansão de negócios internacionais e do trade turístico no Estado. “Além da expansão de empresas multinacionais no Ceará, também se observa um aumento de oferta de vagas para trabalho remoto que buscam profissionais com conhecimentos de mais de um idioma”, afirma.

A consultora destaca, entre os diferenciais da instituição, a certificação dos professores de inglês, bem como a isenção de taxa de matrícula e a metodologia de ensino, que utiliza uma abordagem comunicativa e trabalha o desenvolvimento das habilidades de leitura, escrita, audição/compreensão e fala através da interação. Além disso, o Senac também oferta, de forma gratuita, o serviço de coaching pedagógico, voltado para casos de dificuldade no aprendizado.

Serviço

Senac Idiomas

Matrículas: www.cursos.ce.senac.br

Endereço: Senac Reference (Fortaleza) / Senac Iguatu / Crato / Juazeiro do Norte

Mais informações: (85) 3270.5400 / 3433.3884

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags