PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Empresa abrirá linha de montagem de painéis de energia solar no Ceará, revela secretário

O anúncio oficial do empreendimento no Estado será feito pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), "nos próximos dias", conforme destacou Maia Júnior

Alan Magno
11:07 | 26/05/2021
Montadora de usinas fotovoltaicas para geração de energia elétrica a partir da luz do Sol irá construir linha de montagem no Ceará (Foto: Thais Mesquita)
Montadora de usinas fotovoltaicas para geração de energia elétrica a partir da luz do Sol irá construir linha de montagem no Ceará (Foto: Thais Mesquita)

Para fortalecer o hub de energia renovável no Ceará, o Governo do Estado, finalizou acordo com uma empresa brasileira para implementação de uma linha de montagem de placas e sistemas fotovoltaicos, para geração de energia elétrica por meio da luz solar.

A informação foi revelada com exclusividade pelo secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho no Ceará, Maia Júnior, em entrevista à Rádio O POVO CBN, na manhã desta quarta-feira, 26.

LEIA MAIS | Ceará triplica capacidade de produção de energia solar

O acordo, segundo Maia, entre a empresa e o Estado, está finalizado e apenas aguardando divulgação oficial, que deve ocorrer “nos próximos dias” e ser feito por Camilo Santana (PT), governador do Ceará. A linha de montagem em solo cearense irá ocorrer no Complexo do Pecém.

O nome da empresa não pode ser revelado em virtude do compromisso de confidencialidade estabelecido na negociação, mas o secretário destacou que além de ser um empreendimento nacional, é uma empresa com grande atuação no mercado na região Sudeste.

O processo de atração do novo investimento do Estado já finalizado e foi possível, de acordo com o secretário, “não só em função dos incentivos, mas também da logística que temos hoje, eles precisavam de uma logística mais próxima que mais compra e adquire esse tipo de mercadoria”.

Com a vinda da montadora, o Governo do Estado, espera consolidar o Ceará como polo industrial do segmento de energia fotovoltaica no sistema de geração distribuída, no qual os cidadãos, por conta própria, produzem sua energia. “No momento essa mercadoria fica passeando pelo Brasil. Mas a montadora, os insumos serão comprados da China e montados aqui no Estado para então serem distribuídos”, detalha Maia.

+ Enel será cobrada por 5 anos de imposto ausente em conta de quem gera a própria energia no Ceará

O acordo para implementação da linha de montagem de painéis solares no Pecém, segundo Maia, integra o plano estadual da criação de um hub completo com as principais atividades de exploração de energias renováveis. “Com isso e o com o hidrogênio verde, a gente fecha o ciclo, proporcionando ao Ceará, através desse hub, uma riqueza futura muito importante”, complementa.

Ações integram o plano de reorganização da atividade econômica no Estado, que segundo o secretário, passará a investir mais na atração de empreendimentos com forte base tecnológica e que possam tanto absorver mão-de-obra mais qualificada no Estado, evitando fuga de talentos para outras localidades, quanto gerar empregos com salários mais elevados.

Confira entrevista completa sobre instalação de linha de montagem de painéis solares no Ceará