Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Mulher "acorda" durante próprio velório e bate em tampa do caixão no Peru

O caso aconteceu em Chiclayo no Peru, após a vítima sofrer um acidente na estrada em Lambayeque

Rosa Isabel Callaca surpreendeu todos que estavam em seu sepultamento na última terça-feira, 26, ao "acordar" e bater na tampa do caixão em que estava. O caso aconteceu em Chiclayo, no Peru, após a vítima sofrer um acidente na estrada.

De acordo com informações do portal argentino Infobae, Rosa foi dada como morta no dia 25 de abril. O óbito foi confirmado no Hospital Regional de Lambayeque após sofrer um acidente de trânsito, que também tirou a vida de seu cunhado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Durante o cortejo que seguia até o cemitério na cidade de Ferreñafe, os familiares da vítima ouviram batidas no caixão e se assustaram com o movimento. Quando a tampa foi aberta, a mulher estava de olhos abertos e apresentava sinais vitais.

"Ela abriu os olhos e estava suando. Cheguei ao meu escritório e chamei a polícia”, disse o administrador do cemitério. A mulher foi encaminhada até o Hospital de Referência de Ferreñafe para ser examinada por um médico, que constatou que ela ainda tinha sinais vitais. 

Rosa chegou a ser levada ao centro médico e apresentou uma leva saturação. Porém, horas depois, ela não resistiu aos ferimentos e teve sua morte definitiva atestada.

De acordo com investigações prévias, acredita-se que a mulher foi enviado ao necrotério pela equipe do primeiro hospital que foi recebida sem a devida análise dos sinais vitais.

O gerente regional de Saúde do Peru, Alipio Rivas Guevara, afirmou que ainda não tem o boletim dos profissionais que atenderam a mulher e que o caso está em investigação da pasta. 

A família de Rosa revelou que pretende pedir exumação do corpo para descobrir o real motivo da morte.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar